X
Cotidiano

Trilha ecoturística em Itanhaém terá primeira rampa de acessibilidade da Baixada Santista

De acordo com França, a área tem forte apelo ecoturístico e paisagístico e abrange importante manancial de água - Sistema Mambu Branco

Trilha ecoturística em Itanhaém terá primeira rampa de acessibilidade da Baixada Santista / Foto: Divulgação

O deputado estadual Caio França (PSB), que preside a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Alesp ficou muito feliz essa semana com a notícia divulgada pela Fundação Florestal sobre o início das obras do projeto de reestruturação de trilhas em 27 Unidades de Conservação. A iniciativa contemplará a trilha da Cachoeira Três Quedas, em Itanhaém e é consequência de um trabalho de revitalização intermediado pelo deputado. Será a primeira trilha da Baixada Santista a contar com rampa de acessibilidade. O projeto incluirá a instalação de ponte, corrimão, escada, degrau, guarda-corpo, contenção de encostas, drenagem, deck, pinguela, além de placas de sinalização, advertência e preservação.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


Há um ano o deputado denunciou os danos ambientais a partir da degradação que a localidade vinha sofrendo em razão da falta de controle de acesso e fiscalização de visitantes, com prejuízos a cultura popular e extrativista e agiu rapidamente para conter o problema. O deputado visitou a região da Bacia Hidrográfica do Rio Branco na companhia do presidente da Fundação Florestal, Rodrigo Levikovicz, ambos constataram in loco a exploração inadequada da localidade (Parque Estadual da Serra do Mar/Núcleo Curucutu e sua Zona de Amortecimento) por meio de atos de vandalismo, desmatamento, acúmulo de resíduos e a sensação de insegurança ocasionada pelo consumo de bebidas alcóolicas e drogas, assaltos e furtos.

De acordo com França, a área tem forte apelo ecoturístico e paisagístico e abrange importante manancial de água - Sistema Mambu Branco. “Estou muito satisfeito com este trabalho de parceria realizado entre a Fundação Florestal e a Polícia Militar Ambiental, é nosso dever garantir esse equilíbrio ambiental no sentido de proteger a diversidade biológica e manter a boa convivência com as populações humanas. O controle e monitoramento no processo de ocupação e visitação pública assegura sustentabilidade no uso dos recursos naturais”, emendou o deputado.

O secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Itanhaém, César Augusto de Souza Ferreira, o Cesinha, relembrou que a atuação de França na Cachoeira Três Quedas possibilitou o fomento à fiscalização por meio de orientação e ordenamento da visitação pública, disponibilização de trailer em pontos estratégicos e estabelecimento de contratos de vigilância e controle de acesso, passando a ser um local bem cuidado, asseado e seguro. “A inclusão da Cachoeira Três Quedas neste megaprojeto é consequência de um trabalho iniciado pelo deputado Caio que agora possibilitará a revitalização completa, com rampas de acessibilidade, um grande estímulo ao ecoturismo da região”, destacou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Ação da Receita Federal e da PF termina com 498 kg de cocaína apreendidas no Porto de Santos

A droga estava escondida em uma carga de açúcar

Praia Grande

Caminhada da Adoção pretende mobilizar pessoas e informar sobre o tema

Evento acontecerá no dia 10 de julho, na praia do Bairro Canto do Forte, em Praia Grande

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software