X

AMOR NA PELE

Tatuador inova com artes diferenciadas em Itanhaém

Ele conta que faz os próprios desenhos, mas que a maioria dos clientes já traz o desenho pronto e que desejam tatuar

Nayara Martins

Publicado em 20/02/2023 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Caíque Viana, de 28 anos, já trabalha com tatuagens há mais de cinco anos, este ano, decidiu inovar e construir o seu próprio ateliê com a marca 'Vianna Tattoo', no bairro Vila São Paulo, em Itanhaém / NAIR BUENO / DIÁRIO DO LITORAL

Oferecer diferentes opções de desenhos e um espaço ampliado e confortável aos clientes. Esse é o objetivo do tatuador e desenhista Caíque Viana, de 28 anos, de Itanhaém. O artista, que já trabalha com tatuagens há mais de cinco anos, este ano, decidiu inovar e construir o seu próprio ateliê com a marca “Vianna Tattoo”, no bairro Vila São Paulo, em Itanhaém.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

“Iniciei a minha carreira como tatuador no final de 2017, pois sempre tive facilidade em desenhar e tive o incentivo de vários amigos. Nessa época comecei a tatuar os amigos”, explica. Diz que, ao montar o seu estúdio de tatuagem, a ideia era conseguir financiar os estudos. 

“Ao iniciar o estúdio, passei na faculdade de Engenharia Civil, em Santos. Porém, mesmo ganhando uma bolsa de estudos, achei melhor me dedicar ao estúdio da tatuagem, pois também tinha que pagar o aluguel e não iria conseguir conciliar os dois”, esclarece.

Hoje, Caíque construiu o seu próprio estúdio, onde trabalha. “Levei cerca de dez meses na obra para construir o meu estúdio, mas valeu a pena. O ambiente é novo e mais confortável aos clientes. Retomamos as atividades este ano”.  

Ele conta que faz os próprios desenhos, mas que a maioria dos clientes já traz o desenho pronto e que desejam tatuar.

Uma das técnicas que Caíque utiliza para os trabalhos é o realismo. “Tenho usado a técnica “fine line”, que são os traços mais finos e também em preto e branco. Os clientes pedem mais para fazer tatuagens no braço, como o desenho de um leão, uma borboleta ou uma frase. E, ainda, na perna e em outras partes do corpo”. 
Sobre o tempo para fazer uma tatuagem, Caíque diz que depende da arte e do tamanho.

“Geralmente uma frase curta demora até uns 20 minutos. Já um desenho maior leva de 8 a 12 horas, pois vai depender dos detalhes e dos efeitos de luz e sombras. Podemos separar pra fazer em seções, se o cliente preferir”, explica.

CUIDADOS.
Ele explica que a parte do corpo que dói menos é a coxa, mas depende de cada pessoa. Cita também que em tipos de pele mais fina, nas costas ou próximo à coluna, a dor pode ser maior. 

Lembra ainda sobre os cuidados que a pessoa deve ter ao fazer uma tatuagem. 

“Os cuidados podem levar de 20 a 30 dias. O cliente não pode ficar exposto ao sol, nem ir na praia ou na piscina. É preciso ter precaução com a alimentação, não comer alimentos gordurosos, nem chocolate e, ainda, passar pomada para ter uma melhor cicatrização”, frisa.

O valor mínimo de uma tatuagem é a partir de R$ 150,0, pois ele usa todos os materiais descartáveis para trabalhar. 

PLANOS.
O artista revela ainda sobre os seus planos futuros. 

“Pretendo ampliar o estúdio e ficar aqui por mais uns dez anos. Também quero abrir o ateliê em outras cidades vizinhas na região”, destaca. 

Hoje, segundo ele, o público tem procurado mais para fazer uma tatuagem. E já tem diversos clientes fiéis e de todas as idades. 

“Até mesmo um cliente de 80 anos, quis fazer a sua primeira tatuagem e, depois, voltou para fazer a segunda no meu estúdio”, conta.

A divulgação, Caíque tem feito por meio das redes sociais, como no Instagram @viannatattoo. 

Pessoas interessadas em fazer uma tatuagem devem agendar via Whatsapp. Podem enviar os desenhos de sua preferência e tirar as dúvidas. O contato é 13 99728.3229.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Ladrão em bicicleta filma roubo e ainda debocha da vítima em Santos; VEJA VÍDEO

O caso aconteceu há poucos metros do 2° Distrito Policial de Santos. "É dos 'menor'. Já era", disse o criminoso

Cotidiano

Rodovias Anchieta e Imigrantes registram 14 km de lentidão nesta manhã

Fluxo de veículos é uma das principais causas

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter