Professores da rede municipal de Itanhaém recebem formação sobre preservação ambiental

O objetivo é abordar o tema na sala de aula de uma forma mais próxima à realidade dos alunos

Comentar
Compartilhar
17 JUL 2019Por Da Reportagem11h30
Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Itanhaém

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes de Itanhaém e o Projeto Albatroz estão promovendo um curso de capacitação de professores sobre ações de preservação ambiental. O intuito é difundir conhecimento e promover a participação de alunos e das comunidades vizinhas às escolas em atividades que ajudem na conservação do nosso ecossistema.

Fundado há 30 anos, o Projeto Albatroz é patrocinado pela Petrobras e atua em vários estados brasileiros. E um dos seus eixos de trabalho é justamente a educação ambiental e a difusão de informações sobre a biodiversidade marinha. “Queremos que os alunos discutam a conservação ambiental com foco na realidade mais próximas deles e aprendam que tudo o que acontece na costa reflete em alto mar”, explica a coordenadora de educação ambiental do projeto Cynthia Ranieri.

O curso tem duração de 40 anos horas, sendo que as quatro primeiras são presenciais, no Centro de Pesquisas do Estuário do Rio Itanhaém, e as demais à distância. “Nessa primeira etapa, 90 professores vão passar pelo curso. Inicialmente os de geografia e ciências. Mas a meta é formar toda a rede”, conforme adiantou Adriana de Pinho Sitta, assessora de Orientação Educacional de Ciência da Secretaria de Educação.

Após a formação dos professores, já na na sala de aula, o objetivo é fazer com que os próprios alunos definam como abordar o tema de preservação e ambiental. “As atividades podem acontecer das mais variadas formas. Seja por ações diretas, gincanas, trabalhos escolares”, conta Adriana Sitta.

Colunas

Contraponto