SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Prefeitura de Itanhaém prorroga prazos de vencimento de parcelamentos de débitos

A cobrança das parcelas ocorrerá a partir do mês seguinte ao término do acordo, sem aplicação de juros ou multas

Comentar
Compartilhar
01 JUL 2020Por Da Reportagem09h20
As medidas publicadas em decreto municipal nº 3.946 são válidas para as parcelas relativas aos períodos de março, abril, maio e junho deste anoFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Itanhaém

Em virtude da crise causada pela pandemia de coronavírus, a Prefeitura decidiu prorrogar os prazos de vencimento de parcelamentos dos débitos fiscais de contribuintes que tiveram suas dívidas renegociadas com o Município. As medidas publicadas em decreto municipal nº 3.946 são válidas para as parcelas relativas aos períodos de março, abril, maio e junho deste ano. A cobrança das parcelas ocorrerá a partir do mês seguinte ao término do acordo, sem aplicação de juros ou multas.

Para quitar as parcelas, com vencimentos adiados, o contribuinte terá de emitir novo boleto na página oficial da Prefeitura (www.itanhaem.sp.gov.br), que estará disponível na plataforma nos próximos dias. O pedido pode ser solicitado pessoalmente no setor de Dívida Ativa, que está localizado na Avenida Washington Luiz, 75, no Centro, ou por telefone (13) 3421-1600, ramais 1653 e 1394. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 8 às 14 horas, com horário reduzido em decorrência da Covid-19.

DECRETO
O decreto dispõe sobre a prorrogação dos prazos de vencimento de parcelas mensais relativas aos termos de acordo de parcelamento de débitos fiscais firmados com base nas Leis nº 3.211, de 5 de abril de 2006 e nº 4.346, de 19 de setembro de 2019. A prorrogação dos prazos de vencimento de parcelas não implica direito à restituição ou compensação de quantias eventualmente já pagas. O documento será publicado na edição 615 do Boletim Oficial.

PACOTE ECONÔMICO
A decisão faz parte de um pacote de medidas econômicas de combate aos impactos provocados pela Covid-19, que inclui desconto de 50% do IPTU para aposentado, pensionista e beneficiário de renda vitalícia que será renovado automaticamente, plataforma de apoio ao crédito, com informações e sites sobre os auxílios ofertados pelos governos estadual e federal e suspensões dos protestos, de novos ajuizamentos e pedidos de bloqueio online de execuções fiscais, além dos contratos não essenciais e renegociação de todos os contratos.