SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Prefeitura de Itanhaém elabora PEVs de descarte de pilhas e baterias

Os materiais possuem substâncias químicas bastante tóxicas, que, em contato com a natureza, podem contaminar rios, córregos, solo e o lençol freático

Comentar
Compartilhar
03 JUL 2020Por Da Reportagem18h20
A coleta dos materiais funciona toda quarta-feira, das 8 às 12 horasFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Itanhaém

Você sabia que o descarte irregular de pilhas e baterias causam sérios problemas de saúde às pessoas e aos animais? Diante disso, a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente elaborou o projeto PilhAção, que tem como objetivo estimular a logística reversa com a instalação de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) no  Centro de Pesquisa e Educação Ambiental (CEA), localizado na Rua Dom Sebastião Leme, 195, no Ivoty. A coleta dos materiais funciona toda quarta-feira, das 8 às 12 horas.

As pilhas e baterias possuem substâncias químicas bastante tóxicas, que, em contato com a natureza, podem contaminar rios, córregos, solo e o lençol freático. Após o recebimento destes produtos nos PEVs, o material é destinado de forma adequada, visando minimizar o impacto causado ao meio ambiente.

Os PEVs ajudam a instituir a logística reversa, já que seu principal objetivo é viabilizar o descarte correto dos materiais pós-consumo, que podem ser reciclados, reutilizados ou ainda, podem passar por algum tipo de tratamento que possibilite um descarte não nocivo ao meio ambiente  e despertar a consciência das pessoas.

LOGÍSTICA REVERSA
O projeto de logística reversa integra a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que define objetivos e normas relativas à gestão e ao gerenciamento destes resíduos com destinação ambientalmente adequada. O projeto faz um alerta de conscientização que visa melhorar a qualidade de vida das pessoas e obter um balanço positivo do ecossistema.

COLETA SELETIVA
A coleta seletiva funciona no Município há dez anos e é responsável por recolher e comercializar cerca de 15 toneladas de recicláveis ao mês, realizado pela Cooperativa Coopersol. A Cidade possui o Plano Municipal de Saneamento, e já está em elaboração lei específica de coleta seletiva e logística reversa.

DADOS
Referência em gestão do lixo urbano, os serviços de administração e destinação da coleta do lixo em Itanhaém atendem eficazmente às normas e diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). É o que aponta o Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), de 2019, fruto de uma cooperação técnica entre o Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (SELUR) e a PricewaterhouseCoopers (PWC). Com 0,709 pontos, a Cidade ficou classificada em segundo lugar entre os nove municípios que compõem a Baixada Santista.