Não deixe de vacinar: Última semana da campanha contra sarampo e poliomielite

A imunização acontece nas Unidades de Saúde da Família (USFs), de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas

Comentar
Compartilhar
28 AGO 2018Por Da Reportagem14h00
Crianças de 1 a 4 anos e 11 meses devem tomar a vacina, conforme orientação do Ministério da SaúdeCrianças de 1 a 4 anos e 11 meses devem tomar a vacina, conforme orientação do Ministério da SaúdeFoto: Divulgação

Ainda dá tempo de levar as crianças para vacinar. A campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite vai até sexta-feira (31), nas Unidades de Saúde da Família (USFs) que funcionam de segunda a sexta, das 8 ás 16 horas. A vacina é aplicada gratuitamente, mas o responsável não pode esquecer-se de levar a caderneta de vacinação da criança. No Município a meta é vacinar 5.242 crianças.

Conforme orientação do Ministério da Saúde, crianças de 1 a 4 anos e 11 meses devem tomar a vacina. Desde o início da campanha foram imunizadas 3.814 crianças contra Poliomielite, representando 72,76% da meta, e 3.845 contra sarampo (73,35%).  Faltam 1.428 doses a serem aplicadas contra pólio e 1.397 de sarampo.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Já a poliomielite, mais conhecida como paralisia infantil, se contraída, pode causar sequelas permanentes, insuficiência respiratória e, em alguns casos, levar à morte.

As vacinas aplicadas serão a tríplice viral, que além do sarampo previne rubéola e caxumba, e contra a poliomielite. Além das crianças, adultos também poderão atualizar a carteira de vacina e se prevenir contra o sarampo. A imunização também acontece nas creches e escolas municipais, durante o período da campanha uma equipe da Vigilância epidemiológica está vacinando nestes locais.