Mulher assume agiotagem após marido ser preso e também é detida, diz polícia

Ela foi flagrada por agentes da Dise de Itanhaém no momento em que pressionava outra mulher a pagar dívida

Comentar
Compartilhar
16 OUT 2020Por Da Reportagem12h20
Suspeita foi detida e dinheiro e cartões apreendidos junto a carroFoto: Divulgação / Polícia Civil

Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Itanhaém prenderam, na tarde desta quinta-feira (15), uma mulher de 35 anos em flagrante pelo crime de extorsão. A ação é desdobramento das investigações realizadas contra crimes financeiros ocorridos no município.

Os agentes da delegacia receberam a informação cientes que a esposa de um homem preso em 24 de agosto, estaria dando continuidade ao recebimento de valores provenientes de 'agiotagem'. Ao descobrir o paradeiro da suspeita, eles se dirigiram para a frente de uma agência bancária no centro da cidade onde constataram que uma das vítimas, uma mulher de 33 anos, estava sendo pressionada a pagar uma dívida, que hoje encontra-se no montante de R$ 85.000,00.

No momento em que recebia valor de R$500,00, exigido como parte da dívida, a mulher foi presa em flagrante.  Ela responderá pelo crime de extorsão e usura pecuniária, quando se trata de um crime contra a economia popular.

Um veículo Renault/Sandero, cartões bancários, um aparelho celular e R$230,00 que estavam em sua posse, foram apreendidos. O valor de R$500,00 foi devolvido à vítima.