Itanhaém tem 79 estudantes aprovados na ETEC

A emoção tomou conta dos alunos que conseguiram ingressar numa das unidades escolares mais concorridas do estado de São Paulo

Comentar
Compartilhar
11 FEV 2019Por Da Reportagem11h30
Os 79 alunos aprovados são de escolas municipais. A Bernardino de Souza Pereira obteve o maior número de aprovadosFoto: divulgação/prefeitura de itanhaém

O início de um novo ano letivo já começou e com ele uma nova fase para 79 estudantes de escolas municipais aprovados na Escola Técnica Estadual (Etec) de Itanhaém. A emoção tomou conta dos alunos da Escola Municipal Célia Marina Dal Pozzo Borges que, após serem auxiliados por professores ao longo do ano, conseguiram ingressar numa das unidades escolares mais concorridas do estado de São Paulo.

“Trabalhamos não só a teoria como também a parte prática da informatização e da robótica”, conta Maria Lucia Lopes, professora da escola que teve nove alunos aprovados.

A Escola Municipal Bernardino de Souza Pereira obteve o maior número de aprovados com um total de 16 alunos, seguida pela EM Profª Silvia Regina Schiavon Marasca com 12. A EM Profª Dalva Dati Ruivo teve 10 alunos admitidos. Em Itanhaém, 11 escolas municipais obtiveram êxito com estudantes aprovados na ETEC.

Antes de ingressarem na escola técnica, os alunos da Escola Municipal Célia Marina Dal Pozzo Borges se reuniram para um bate-papo. A jovem Letícia Ferreira Silva passou no vestibular para estudar o Ensino Médio atrelado ao técnico de Meio Ambiente; Talyta Martirio dos Santos, Administração. O restante aprovado optou por Informática para Internet. “É importante estudar, mas tem que se concentrar porque se você vai à escola e não se concentra no tempo certo acaba sendo um empecilho”, ressalta o aluno Alex Plínio Ribeiro Alves, da EM Célia Marina Dal Pozzo Borges. O jovem conta que foi o primeiro a sair da sala no dia da prova: “A ETEC me ajudará a ter mais oportunidades”.

Já a aluna Talyta Martirio dos Santos prestou prova para o curso de Administração. A adolescente explica que sempre prestou atenção no conteúdo ensinado, mas que para passar no vestibular estudou durante dois meses antes. “Procurei prestar bastante atenção no conteúdo, principalmente no que os professores diziam”. Durante toda a preparação, a adolescente recebeu o apoio da família. “Só existe uma fórmula para o sucesso: o estudo. As pessoas precisam confiar e si e se esforçar”.

REPAROS

As unidades escolares da Cidade estão sendo revitalizadas por meio de reparos e serviços de manutenção elétrica, hidráulica, pintura nas áreas internas e externas.

Colunas

Contraponto