X

Itanhaém

Banco de Alimentos Municipal apresentará iniciativa inovadora no Projeto Bota na Mesa

Proposta é uma das 14 selecionadas em um processo com 68 iniciativas apresentadas ao projeto por municípios de todo o país

Da Reportagem

Publicado em 07/08/2018 às 22:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Banco de Alimentos apresentará a iniciativa “Inclusão do Milho Guarani na Alimentação Escolar Indígena”, alimento considerado sagrado pela cultura indígena / Divulgação/PMI

Na próxima quarta-feira (8), o Banco de Alimentos de Itanhaém participará do 1º encontro com a rede de organizações mobilizadas, idealizado pelo Bota na Mesa, e apresentará a iniciativa “Inclusão do Milho Guarani na Alimentação Escolar Indígena”, que propõe a revitalização das sementes específicas do Milho Guarani para o plantio, fixação a terra, colheita cerimonial e aquisição para a preparação da alimentação escolar indígena. O alimento é considerado sagrado pela cultura, e a proposta é uma das 14 selecionadas em um processo com 68 iniciativas apresentadas ao projeto por municípios de todo o país.

O Bota na Mesa tem por iniciativa buscar a inclusão da agricultura familiar na cadeia de alimentos em centros urbanos, considerando o comércio justo, a conservação ambiental e a segurança alimentar e nutricional. Entretanto, isto é um desafio, e a proposta de mobilizar agricultores, varejo, indústria, governos, organizações da sociedade civil, financiadores e consumidores tem por objetivo construir e disseminar diretrizes públicas e empresariais para esta inclusão.

São quatro fases que possibilitam alcançar este objetivo: a articulação de temas que contribuam na inclusão e a elaboração de agendas para os grupos de trabalho; a construção de diretrizes públicas e empresariais nos grupos; a convocação dos casos de inovação que podem trazer resultados após a construção dessas diretrizes; a construção conjunta de soluções a partir das diretrizes criadas nos grupos, com a divulgação de casos de sucesso na implementação.

O encontro que será realizado nesta quarta (8) é a terceira etapa do processo, pensada para conectar a construção das ideias a outros projetos que inovam em suas práticas e promovam a inclusão. Para os critérios de avaliação, são considerados o grau de inovação da ideia, a conexão com os temas prioritários do Bota na Mesa, a força de contribuição para a inclusão da agricultura familiar e o potencial de escala e replicabilidade.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Lula assina lei que regulamenta motoristas de aplicativo

Os motoristas vão passar a receber pelo menos um salário mínimo como proporção pelas horas trabalhadas e compensação pelos custos de atividade

Polícia

Atropelamento em Guarujá deixa três feridos e dois ficam em estado grave

O incidente ocorreu por volta das 23h40 e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter