Artistas de Itanhaém se unem em campanha contra dengue

Artistas uniram-se em uma campanha proposta pela Secretaria de Educação, convocando seus bairros para que façam as ações necessárias no combate ao mosquito da dengue

Comentar
Compartilhar
07 ABR 2021Por Da Reportagem12h45
Artistas participaram de ação da saúde em ItanhaémArtistas participaram de ação da saúde em ItanhaémFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Itanhaém

Um grupo de artistas de Itanhaém se uniu para alertar a população do município sobre a importância de realizar ações preventivas que auxiliam no combate ao mosquito da dengue.

A pandemia do COVID-19 gerou grande impacto econômico no setor de Cultura, que foi o primeiro a ser afetado e será o último a ter suas atividades retomadas. Apesar de um momento crítico para o setor, os trabalhadores da cultura uniram-se pelo país em um esforço coletivo em defesa da Cultura Brasileira, com conquistas importantes como a Lei Aldir Blanc, uma lei de auxílio ao setor promulgada pelo Governo Federal  em 2020.

Em nossa cidade não foi diferente. A participação ativa dos fazedores de cultura de Itanhaém foi fundamental para construção do processo da Lei Aldir Blanc no município e gerou uma grande aproximação das mais diversas linguagens culturais em uma troca constante e produtiva.

Em mais uma ação coletiva, os artistas uniram-se em uma campanha proposta pela Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, convocando seus bairros para que façam as ações necessárias para combater a proliferação do mosquito da dengue.

“A Cultura é um segmento transversal, que pode contribuir muito na interlocução com a sociedade. Os artistas do município são formadores de opinião, e as mensagens difundidas através de suas vozes podem alcançar resultados incríveis”, relata o diretor de Cultura, Antonio Sheen.

O projeto “Cultura contra a Dengue” será realizado por meio de vídeos dos artistas, com mensagens que abordam os cuidados necessários que cada um deve ter em sua própria residência.

Os vídeos serão disponibilizados diariamente nas redes da Prefeitura de Itanhaém. “É importante frisar, que pequenos criadouros podem causar epidemias de dengue. Por isso a conscientização de toda a população é o ingrediente principal para o combate ao Aedes aegypti. Nesta luta contra o mosquito, ninguém pode ficar de fora”, conclui o diretor.