X
RISCO

Prefeitura de Guarujá cancela Carnaval 2022

Decisão foi tomada após reunião do gabinete municipal permanente de combate à covid-19

Dessa forma, em 2022, Guarujá não promoverá desfiles de blocos, bandas e escolas de samba / Prefeitura Municipal de Guarujá

Seguindo decisão tomada pelo gabinete municipal permanente de combate à covid-19, destinado a analisar a dinâmica da pandemia em Guarujá, a Prefeitura decidiu pela não realização do Carnaval no Município, em 2022. A medida tem caráter preventivo, com o intuito de desestimular eventos capazes de gerar grandes aglomerações.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Dessa forma, em 2022 o Município não promoverá desfiles de blocos, bandas e escolas de samba. A medida vai ao encontro de outra recentemente anunciada, que cancelou a tradicional queima de fogos da virada do ano promovida pela Prefeitura na orla.

O gabinete permanente de combate à covid-19 de Guarujá foi instituído pelo prefeito VálterSuman em março de 2020 e reúne membros de diversas secretarias municipais. Cabe ao colegiado analisar, sob todos os pontos de vista, e tomar todas as decisões referentes à dinâmica da pandemia de covid-19 na Cidade. Este grupo tomou a decisão depois de receber orientação da sala de situação da Secretaria Municipal de Saúde, composto por médicos e técnicos da pasta.

Até a última sexta-feira (26), a Prefeitura de Guarujá aplicou 499.251 doses de vacinas contra a covid-19, incluindo primeiras, segundas e doses de reforço, nos públicos adulto e adolescente. A taxa de ocupação de leitos covid está em 11%. Especificamente nas UTIs, a ocupação está em 13%.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Pobreza chega a recorde de quase 20 milhões nas metrópoles brasileiras

Para 2022, os pesquisadores veem tanto fatores que podem elevar a renda dos mais vulneráveis quanto questões que dificultam uma recuperação mais consistente

Cotidiano

GCM Ambiental resgata bicho-preguiça em São Vicente

Animal foi encontrado em uma bicicletaria, próximo a linha do VLT, na Vila Valença

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software