Suman nomeia Nego Walter e Salgado para assumirem duas secretarias do município

A partir de hoje, eles vão comandar as secretarias de Esporte e Lazer e de Desenvolvimento e Assistência Social, respectivamente

Comentar
Compartilhar
17 JAN 2017Por Da Reportagem09h30
Toninho Salgado (esq.) foi reeleito e obteve 2.470 votos no último pleito eleitoral. Nego Walter (dir.) também foi reeleito e será substituído por um novato na CasaFoto: Divulgação

Os vereadores Antonio Fidalgo Salgado, o Toninho Salgado (PSD), e Walter dos Santos, o Nego Walter (PSB), foram nomeados ontem pelo prefeito Válter Suman (PSB) para assumirem o comando das secretarias de ‘Esportes e Lazer’ e ‘Desenvolvimento e Assistência Social’, respectivamente.

As nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Município e os dois secretários já assumiram suas novas funções no Executivo. 

Toninho Salgado, que foi eleito pela Coligação PSD/DEM/PT/PR/PTN, será substituído por Mário Lúcio da Conceição (PR), 1º suplente da chapa, que obteve 2.470 votos no pleito do último dia 2 de outubro. 

Mário Lúcio assumirá pela quarta vez a vaga de vereador. A primeira foi entre 2001 e 2004; a segunda, entre 2005 e 2007; e a terceira, entre 2013 e 2016.

Já Nego Walter, que foi eleito por coligação de partido único, formada apenas pelo PSB, será substituído pelo correligionário Carlos Eduardo Vargas da Silva, o Vargas (PSB), 1º suplente  da chapa, que obteve 1.591 votos no pleito do último dia 2 de outubro. 

Ele, que tem 36 anos de idade e é servidor público municipal, assumirá pela primeira vez a função de vereador. 

Assim que ratificado em cartório o licenciamento de Toninho Salgado e Nego Walter, o presidente do legislativo, Edilson Dias (PT), convocará os dois suplentes para que assumam as vagas que foram deixadas. A previsão é de que isso ocorra ainda esta semana.

Não sabe. A despeito da adesão de Toninho Salgado (que esteve com Haifa Madi na eleição) ao Governo Suman, o presidente do PSD de Guarujá, Givaldo dos Santos Feitoza (o Givaldo do Açougue), lembra que o partido está definindo se será situação ou oposição. 

“O partido ainda fará uma reunião para definir isso, nos próximos dias”, enfatiza.