Secretaria de Esportes e Lazer de Guarujá abre inscrições para a Terceira Idade

Os interessados podem se inscrever no Vila Souza às segundas, quartas e sextas-feiras das 9 às 12 horas

Comentar
Compartilhar
21 FEV 2017Por Da Reportagem18h30
As aulas de bocha e vôlei já tiveram início nas últimas quinta (16) e sexta-feira (17), respectivamenteAs aulas de bocha e vôlei já tiveram início nas últimas quinta (16) e sexta-feira (17), respectivamenteFoto: Raquel Caxile/PMS

A Secretaria de Esportes e Lazer (Seela) de Guarujá está com inscrições abertas para aulas em diversas modalidades esportivas voltadas para a Terceira Idade, como vôlei (apenas categoria feminina), bocha e jogos de mesa. Os interessados podem se inscrever diretamente com a professora Erinilza Sanchez (mais conhecida como ‘Usa’), no Vila Souza Atlético Clube, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9 às 12 horas. É necessário comparecer o local munido de fotografia 3x4, cópia de RG e atestado médico autorizando a prática esportiva. As aulas de bocha e vôlei já tiveram início nas últimas quinta (16) e sexta-feira (17), respectivamente. O endereço é Avenida Artur Costa Filho, 282, na Vila Maia.

O diretor de Esportes Adaptados e Terceira Idade, José Roberto Galvão, analisa que os idosos passam a se sentir deslocados gradativamente na sociedade, conforme as mudanças em seus respectivos cotidianos. “Com o passar do tempo, os idosos que já desempenharam seus papéis na sociedade como pais, mães e profissionais, vão saindo do mercado de trabalho ao mesmo tempo em que os filhos já criados passam a ter suas próprias famílias e responsabilidades. Eles começam a ficar deslocados na sociedade, cada vez mais solitários e, muitas vezes, apresentam quadros de depressão e abandono. É ai que a qualidade de vida começa a despencar, principalmente o lado emocional”, afirmou.

Segundo Galvão, o principal objetivo do projeto da Seela é reintegrar estas pessoas socialmente. “A importância da atividade física para este grupo, é justamente reintroduzi-los a um grupo de amigos, e tem um poder imensurável de agregar pessoas e valores tanto emocionais quanto espirituais e físicos.  Buscamos dar uma maior qualidade de vida a eles, melhorando suas articulações e o fortalecimento muscular, para que consigam desempenhar as suas necessidades básicas como levantar de um sofá, levantar da cama, poder carregar uma sacola e/ou subir alguns degraus de escada da melhor maneira possível”, concluiu.