Prefeitura de Guarujá notifica moradores por descarte irregular de lixo

Desde janeiro de 2017, a Administração realiza ações para incentivar o descarte correto do lixo

Comentar
Compartilhar
27 FEV 2018Por Da Reportagem14h38
Prefeitura de Guarujá notifica moradores por descarte irregular de lixoFoto: Rodrigo Montaldi/DL

A Secretaria de Operações Urbanas de Guarujá tem fechado o cerco em cima das pessoas, que tem realizado descarte irregular de lixo em diversos pontos da Cidade.  Somente nesta semana, diversos moradores foram notificados pelas equipes de limpeza municipais por despejarem lixo em locais públicos. Alguns destes locais já se tornaram pontos viciados de descarte de lixo.

Segundo o secretário da pasta, Hassen Hammoud, o trabalho feito pela Administração Municipal tem sido cada vez mais intenso, visto que muita gente não deixa os velhos hábitos. "Algumas pessoas preferem descartar de qualquer forma, deixam no horário que o caminhão de lixo não passa e em qualquer lugar. A Prefeitura vem fazendo a parte dela, orientando e buscando sinalizar os locais proibidos. Mas na outra ponta precisamos da colaboração de todo mundo", pontuou.

Somente na sexta-feira (23), a Prefeitura teve de agir no Loteamento João Baptista Julião, no Jardim Virgínia 2, na Enseada e no Santo Antônio. Todos estes locais já são considerados pontos viciados de descarte de lixo.

Desde janeiro do ano passado, a Prefeitura tem feito diversas ações para incentivar as pessoas a descartarem o lixo de forma correta, como vídeos na internet, placas indicativas, instalação de contentores em diversos pontos considerados de descarte viciado de resíduos, além da campanha: "Guarujá Cidade Limpa – Eu amo, eu cuido", que busca dar dicas para as pessoas de como proceder com o seu lixo.

De acordo com o secretário, a maneira correta é colocar os sacos de lixo em frente às casas, antes de o caminhão de coleta passar, evitando assim um maior acúmulo na rua. "Deixando seu lixo fora de horário, ele fica sujeito a ser rasgado, aumentando o risco de doenças", destacou Hammoud.

Além disso, há outro agravante. Quando chove, o lixo vai para os bueiros e canais, podendo causar alagamentos e enchentes, contaminação de lençóis freáticos e até doenças infecciosas.

Multas – O Código de Posturas do Município determina que é dever da população a conservação e limpeza dos passeios, muros, terrenos vagos, dos edifícios ocupados ou não, além da cooperação com a Prefeitura na manutenção das vias públicas em geral. A limpeza dos passeios e sarjetas fronteiriços aos imóveis será de responsabilidade conjunta de seus proprietários e ocupantes e será feita de forma suplementar pela Prefeitura. 

De acordo com o Código, é obrigatória a construção de muros nos terrenos não edificados, situados na área urbana do Município, mediante prévia licença do órgão competente da Prefeitura. 

O munícipe que flagrar um ato irregular deste, pode denunciar à Ouvidoria, que é o canal oficial para o registro de reclamações, sugestões e elogios sobre o serviço público municipal. Para isso é necessário entrar em contato com o órgão, que registra o Boletim do Cidadão (BC) e encaminha a queixa para a secretaria responsável pela demanda, para a solução do problema. Os telefones para contato com a Ouvidoria são: 0800 773 7000 e 3308-7080 ou pelo email: [email protected] .