X
Guarujá

Placa de busto de Zumbi é Roubada em Guarujá

A peça - fruto de uma grande mobilização da comunidade negra de Guarujá e Vicente de Carvalho, foi inaugurada em 13 de maio de 2014

Prefeitura já está providenciando outra em três idiomas / Divulgação

O busto de Zumbi dos Palmares, afixado na Praça Horácio Lafer, no começo da Praia da Enseada, teve sua placa indicativa arrancada e roubada. A peça - fruto de uma grande mobilização da comunidade negra de Guarujá e Vicente de Carvalho e todos àqueles que lutam pela igualdade social na região – foi inaugurada em 13 de maio de 2014.  

Zumbi foi o maior líder do Quilombo dos Palmares. A imagem foi inaugurada no Dia da Abolição da Escravatura. A cerimônia contou com diversas autoridades e, principalmente, lideranças religiosas. A Associação Cultural Afroketu fez a abertura do evento, com roda de capoeira, sob a coordenação do diretor da entidade, Rafael ­Rodrigues.

Após saber sobre o roubo da placa, o prefeito Válter Suman (PSB) não escondeu a indignação via rede social. “Foi com muita tristeza que recebi a notícia do vandalismo praticado no busto do Zumbi dos Palmares. A placa de acrílico, sem valor comercial algum, foi furtada. Isso é muito triste. Desde o início do ano, nossos próprios públicos sofreram alguns atos de vandalismo e nossa secretaria de Segurança tem trabalhado intensamente na coibição destes atos”, ­publicou.

Segundo o prefeito, as secretarias de Cultura e Operações Urbanas deverão providenciar a restauração imediata, sendo revestido com pastilhas de cerâmica e de vidro. “O busto é o símbolo de resistência, luta e conquistas da comunidade negra e no início do ano, teremos uma nova placa que contará a história de Zumbi dos Palmares”, prometeu no final do ano passado.

Ontem, a Secretaria de Cultura informou que atendendo a um pedido do prefeito, em virtude da depredação e vandalismo sofrido, já iniciou melhorias como revestimento em pastilhas de vidro de cerâmica, além de cantoneiras, para o acabamento. No local, também foram plantadas lanças de ogum, para embelezamento do entorno do busto.

Os serviços contaram com a parceria da Secretaria de Operações Urbanas. A Secretaria de Cultura acrescenta ainda que está preparando uma nova placa de identificação histórica, em três idiomas, cuja instalação deve ocorrer em breve. A Prefeitura pede a colaboração de todos, no sentido de preservar e conservar mais este espaço.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Morre a atriz Mila Moreira aos 72 anos, no Rio de Janeiro

Causa da morte não foi divulgada

MÚSICA

Show 'O Legado FenomeNow' tem apresentação em Santos neste sábado

A apresentação faz parte do projeto "Estação Valongo", que seguirá até janeiro com outras duas datas já confirmadas

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software