Ônibus de Guarujá circulam normalmente após ameaça de greve

A categoria decidiu aguardar o resultado de uma audiência de conciliação que acontece no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em São Paulo

Comentar
Compartilhar
03 JUL 2018Por Da Reportagem09h51
A frota de ônibus de Guarujá circula normalmente na manhã desta terça-feira (03)A frota de ônibus de Guarujá circula normalmente na manhã desta terça-feira (03)Foto: Arquivo DL

A frota de ônibus de Guarujá circula normalmente na manhã desta terça-feira (03).

Havia uma ameaça de paralisação por parte dos funcionários da empresa Translitoral, responsável pelo transporte no muncípio, que não foi confirmada. 

Eles decidiram aguardar o resultado de uma audiência de conciliação que acontece no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em São Paulo.

Segundo o sindicato da categoria, a Translitoral ofereceu reajuste de 1,69% contando a data-base de maio, mais 0,81% para o mês de outubro, que seria retroativo à maio.

Entenda o caso 

Os trabalhadores não concordaram com o parcelamento e também com o aumento de R$1,00 no vale-refeição.

A Translitoral disse que não faz reajustes em sua tarifa de transporte desde 2016, quando uma decisão judicial impediu a empresa de alterar o valor atual de R$3,20. E que, ainda, os 2,5% pedidos pelos funcionários foi atendido, porém, da forma como foi citado anteriormente na matéria (parcelado).

A Justiça do Trabalho deu parecer favorável à Translitoral e exigigiu que, nos períodos de pico, 80% da frota de coletivos esteja nas ruas. Nos demais horários, 60%, sob multa diária de R$100 mil reais ao sindicato da categoria, caso essa determinação não seja cumprida.

A Prefeitura de Guarujá informou que não autorizou a Translitoral à ajustar os valores cobrados em razão da precariedade do contrato existente.

O contrato com a empresa terminou no ano passado e não foi renovado. 

Uma concorrência pública para o serviço foi aberta na última sexta-feira (29).