Guarujá realiza mega mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti nesta sexta (30)

Quase 200 pessoas participam da ação, com concentração a partir das 8h30 na Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2018Por Da Reportagem15h00
Serão quase 200 pessoas envolvidas na ação, entre agentes comunitários de saúde, agentes de controles de endemias e outros servidores, que estarão concentrados a partir das 8h30 na Praça 14 BisSerão quase 200 pessoas envolvidas na ação, entre agentes comunitários de saúde, agentes de controles de endemias e outros servidores, que estarão concentrados a partir das 8h30 na Praça 14 BisFoto: Divulgação/PMG

Nesta sexta-feira (30) acontece o Dia D – Dia Nacional de Combate às Arboviroses. E a Prefeitura de Guarujá realiza um mega mutirão para alertar e sensibilizar a população contra as doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya.

Serão quase 200 pessoas envolvidas na ação, entre agentes comunitários de saúde, agentes de controles de endemias e outros servidores, que estarão concentrados a partir das 8h30 na Praça 14 Bis (em frente ao Chris Shopping), em Vicente de Carvalho. De lá, sairão para o trabalho no bairro.

A mobilização teve início na última segunda-feira (26), com a Semana de Combate às Arboviroses. Nesse período, a Secretaria de Saúde intensificou as visitas dos agentes de controle de endemias e dos agentes comunitários de saúde às residências, que também orientaram a população a fazer a sua parte, vistoriando suas casas, verificando se há larvas do mosquito e eliminando possíveis focos. Outras secretarias municipais participaram da ação, realizando atividades paralelas.

De acordo com Ana Lúcia Gama da Cruz, coordenadora do Controle de Dengue no Município, a participação dos moradores é fundamental para o sucesso da iniciativa, já que os criadouros do mosquito são produzidos por nós mesmos. "É importante a participação de toda população, cada um dedicando um tempinho para fazer uma vistoria em suas casas, no local de trabalho, verificando a existência de larvas e possíveis criadouros", ressaltou.

Ana Lúcia reforça que uma simples tampinha de garrafa, uma calha desnivelada, caixa d'água descoberta e garrafas entre outros objetos inservíveis são potenciais criadouros por acumularem água da chuva. 

"Podemos evitar a proliferação do mosquito com estas e outras medidas simples. Outro item a ser observado são as bandejas que ficam embaixo da geladeira, que também acumulam água", observou a coordenadora.

O que são arboviroses? São as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya. A classificação "arbovírus" engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos).