Guarujá: Plano de recuperação da malha viária deve chegar a mais de 350 vias públicas

Dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão apontam que 77% da Cidade já está pavimentada

Comentar
Compartilhar
26 JUN 2020Por Da Reportagem21h55
As obras de infraestrutura urbana são fruto do empenho da Administração Municipal que, desde 2017, vem buscando recursos extraorçamentários junto à União e ao Governo do EstadoFoto: Divulgação / Prefeitura Municipal de Guarujá

O plano de recuperação da malha viária de Guarujá vai alcançar mais de 350 ruas, com previsão de serem concluídas até o fim de 2020. São mais de 90 quilômetros de vias públicas que vão receber melhorias de infraestrutura urbana, o que equivale a distância de Guarujá até o bairro Morumbi, na Capital. Há obras em execução em 11 bairros no Município, levando qualidade de vida aos moradores, aprimorando a mobilidade urbana e valorizando os imóveis, que antes sofriam com a poeira e lama, por exemplo.

As obras de infraestrutura urbana são fruto do empenho da Administração Municipal que, desde 2017, vem buscando recursos extraorçamentários junto à União e ao Governo do Estado. O alinhamento da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (Seplan) com as demandas mais urgentes da Cidade contribuiu sobremaneira para que o Município atingisse suas metas em relação ao desenvolvimento urbanístico de Guarujá.

Recuperados
Desde 2017, foram recuperados mais de 37 convênios, sendo que alguns estavam paralisados desde 2011. Ao longo desse período, foram conquistados mais de 100 convênios. Esse fato colaborou efetivamente para o avanço das obras de infraestrutura viária, que abrangem pavimentação, recapeamento, drenagem, sinalização, entre outras intervenções.

Dados apresentados pela Seplan mostram que 77% da Cidade está pavimentada. “Nossos esforços estão concentrados para que o Município seja favorecido, cada vez mais, com infraestrutura urbana. Há muito trabalho sendo feito para que os projetos sejam concretizados, atendendo a expectativa da população que aguarda ansiosamente pelas melhorias”, constata a secretária titular da pasta.

Só em Morrinhos II foram contempladas 42 travessas, além das ruas Maria Eugênia de Oliveira e Dionísio José Lourenço. Ambas receberam um reforço extra na pavimentação para oferecer mais segurança aos motoristas e pedestres.

Em seguida, estão os bairros Santa Rosa e Vila Ligya, onde as obras vão se desdobrar ao longo de 20,5 quilômetros. As melhorias alcançaram as ruas Antônio Fernandes e João Luiz Silva, que tiveram o sistema de drenagem renovado com novas tubulações de concreto e pavimentação. Ao todo, 46 vias serão atingidas nessa região.

Cerca de 19 quilômetros equivalem às intervenções em andamento no Pae Cará, Morrinhos I, Centro, Jardim Tejereba, Sítio Conceiçãozinha e Maré Mansa. Nesses dois últimos, as obras foram iniciadas na Rua Santo Antônio e Araribá, respectivamente.

O destaque vai para o Pae Cará, com quase 50 vias atendidas, entre elas, Rua Princesa Isabel, Rua Barão do Rio Branco e Avenida Atlântica. No Jardim Tejereba, a Rua Sílvio Daige, via de acesso à Praça Horácio Lafer, está recebendo novas tubulações de drenagem para mitigar pontos de alagamento. Após as intervenções, será repavimentada.

Outras vias como a Avenida Antenor Pimentel, Acaraú, Marjory Prado, Raphael Vitiello, Thiago Ferreira, Joana de Menezes Faro, Sílvia Valadão e Petrópolis também foram agraciadas com infraestrutura viária ao decorrer dos últimos anos.