Guarujá firma parceria com Senac para 33 cursos de capacitação profissional

A capacitação é destinada as pessoas atendidas pelos serviços socioassistencias e beneficiários do Bolsa Família.

Comentar
Compartilhar
12 JAN 2018Por Da Reportagem19h10
Guarujá firma parceria com Senac para 33 cursos de capacitação profissionalGuarujá firma parceria com Senac para 33 cursos de capacitação profissionalFoto: Divulgação/Helder Lima/PMG

Com o objetivo de proporcionar capacitação profissional para a população atendida nos serviços socioassistencias, o prefeito de Guarujá, Válter Suman assinou na última quinta-feira (11), um contrato junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac), que vai ofertar 33 cursos, que totalizam 2500 vagas. A reunião aconteceu no Senac Santos (Avenida Conselheiro Nébias, 309 - Vila Mathias).

A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas) de Guarujá e o Senac. A previsão é que na segunda quinzena de março os cursos já estejam funcionando, sendo o público alvo pessoas atendidas pelos serviços socioassistencias e beneficiários do Bolsa Família.

“É com muita honra que Guarujá recebe o Senac, uma entidade tradicional. O nosso foco é a geração de emprego, renda e oportunidade. Que essa parceria abra muitas portas”, declarou o prefeito, Válter Suman.

A meta é inserir a comunidade em ações de formação e aprimoramento das relações humanas e profissionais em uma ação que vai além do instrumentalizar o cidadão e fazer com que as pessoas reconheçam seus direitos sociais como estratégia de proteção social, inclusão e autonomia.

“A educação é o que transforma. Estamos chegando para fazer a diferença na vida das pessoas que participarão dos nossos cursos”, ressaltou a gerente regional do Senac, Cássia Coimbra.

Para o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Marcos Pereira de Azevedo, o curso é uma grande conquista. “Essa é uma das nossas maiores ações, em uma época que só se fala em desemprego, nós vamos proporcionar à população oportunidade de capacitação. É uma possibilidade real para que os nossos munícipes saiam da situação de desemprego e  melhorem a sua renda familiar”, afirmou o secretário.

Cursos

Entre os cursos ofertados estão: Direitos Humanos e Socioassistenciais da Pessoa Idosa; Maturidade: Envelhecer: uma etapa do Ciclo de Vida; Memória Social e Comunitária; Inclusão de Pessoas com Deficiência; Como se sair bem em uma entrevista de trabalho; Autodesenvolvimento: Plano Profissional; Direitos e deveres de crianças e adolescentes; Preparação para o mundo do Trabalho; O papel fundamental da mulher na família; Pais e filhos: é possível educar sem agredir; Caminhos para uma convivência familiar saudável; Cultura de Paz; Famílias: desafios e potencialidades; Lidando com a deficiência; Oficina de cultura de paz; Técnicas básicas de maquiagem na produção pessoal e Sensibilização comunitária.

Além disso, o público vai contar com cursos de: Cultivo de hortas; Unhas artísticas; Design de sobrancelhas com retirada de pelos com pinça e correção com henna; Aproveitamento integral de alimentos; Corte, Tempero e preparo de carnes; Conceitos básicos em manipulação de alimentos; Técnicas básicas em confeitaria; Padeiro confeiteiro; Docinhos para festa; Forno e fogão; Higiene na manipulação de alimentos e Oficina de bombom.