X

Guarujá

Famílias começam a retornar para casa e Prefeitura de Guarujá mantém um alojamento

As famílias receberam doações, que incluem cesta básica, colchão, kit de higiene, kit de limpeza, fardo de água e leite

Da Reportagem

Publicado em 28/02/2023 às 11:27

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Sedeas continua acompanhando as famílias com o atendimento / Nair Bueno/DL

Após as vistorias da Defesa Civil, as famílias atingidas pelas fortes chuvas em Guarujá começaram a retornar para suas casas ou residências de familiares, de forma espontânea. O alojamento provisório montado na Escola Municipal Benedicta Blac Gonzalez, no Perequê, que acolheu os munícipes desalojados desde o dia 18, já foi desativado. A Prefeitura mantém o alojamento no Centro Esportivo Duque de Caxias (Tejereba), que atualmente abriga cinco famílias, com o total de 19 pessoas.  

Para o recomeço, as famílias receberam doações do Fundo Social de Solidariedade que incluem uma cesta básica, um colchão, um kit de higiene pessoal, um kit de limpeza, um fardo de água e leite por indivíduo. Maria Inês Almeida Mota é moradora do Perequê e afirma que a ajuda da Prefeitura foi essencial. "No dia da chuva, estava dormindo. Quando acordei, a água já estava no colchão. Cheguei ao alojamento no domingo, só com a roupa do corpo e recebi toda assistência. Agradeço toda a ajuda", relatou a munícipe.

Já Vanderlei Freitas dos Santos deixou o alojamento do Perequê no último sábado (24). Ele compartilha do mesmo sentimento. "A acolhida da assistência social foi importante. Não faltou nada".

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas) continua acompanhando as famílias com o atendimento realizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Auxílio de Locação

Em regime de plantão desde a última quinta-feira (23), a Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) atende os moradores que tiveram as suas casas destruídas pelos impactos das fortes chuvas ou interditadas pela Defesa Civil de Guarujá. A equipe realiza o pré-cadastro das famílias para receber o Auxílio de Locação Social, no valor de R$ 200,00, a ser depositado mensalmente.

O atendimento às famílias pelos técnicos da Sehab ocorre de segunda a sexta-feira, sempre das 9 às 16 horas, no Paço Municipal Raphael Vitiello (Avenida Santos Dumont, 640, sala 35 – Santo Antônio).

 Posto de arrecadação

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Guarujá (Rua Cavalheiro Nami Jafet, 549 – Centro) é o único posto de arrecadação oficial da rede municipal, já que o Ginásio Tejereba não recebe mais doações. O FSS continua recebendo doações de colchões, kits de higiene (pastas de dente, escovas, sabonetes, absorventes, desodorantes, pentes), roupas de cama e banho (lençóis, fronhas, travesseiros, cobertores e toalhas de banho), colchões, fraldas e leite.

Volta às aulas na Escola Municipal Benedicta Blac Gonzalez

Com o retorno da maior parte das famílias às suas residências ou para as casas de familiares, o alojamento montado da Escola Municipal Benedicta Blac Gonzalez, no Perequê, foi desativado e as aulas presenciais na unidade retornam nesta quarta-feira (1º). Nesta terça-feira (28), a escola passa por um processo de higienização e arrumação das salas. Durante o período em que o local manteve o alojamento, os familiares dos alunos retiraram os roteiros das aulas para que não houvesse prejuízo pedagógico aos estudantes.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Saiba quantas calorias têm os seus lanches favoritos do McDonald´s

Informações foram retiradas do próprio site da rede de fast-food

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter