Escritor vicentino doa mais de 50 livros para a rede municipal de Guarujá

Odair José Pereira é autor da obra 'Não Somos Bandidos', que retrata a história da Escola de Samba X-9 e aborda o empoderamento da cultura negra

Comentar
Compartilhar
20 JAN 2021Por Da Reportagem12h15
O livro de Marcelo Nicolau conta a história da Escola de Samba X-9, uma das pioneiras no carnaval santistaFoto: Helder Lima / Prefeitura Municipal de Guarujá

A rede municipal de ensino de Guarujá ganhará 52 exemplares do livro 'Não Somos Bandidos', de autoria do professor de São Vicente, Odair José Pereira. Na última segunda-feira (18), o secretário de Educação de Guarujá, Marcelo Nicolau, recebeu o escritor vicentino, que realizou a doação de mais de 50 obras de sua autoria às escolas municipais. 

O livro conta a história da Escola de Samba X-9, uma das pioneiras no carnaval santista, nos seus dez primeiros anos de fundação. 'Não Somos Bandidos' destaca ainda a representatividade da cultura negra, e como a agremiação se engajou em questões sociais utilizando temas importantes em seu enredo.

De acordo com o autor, o livro traz um apoio aos professores de disciplinas como História, Língua Portuguesa e Artes, agregando aos estudos um conhecimento regional. "Meu objetivo é contribuir para o enriquecimento do acervo literário das bibliotecas da Baixada Santista, disponibilizando aos profissionais da Educação uma ferramenta a mais no processo de aprendizagem".

O secretário de Educação de Guarujá recebeu um livro autografado do professor e agradeceu pelos exemplares doados à rede municipal. "Certamente é uma obra muito rica, cuja abordagem em sala de aula se faz importante, pois retrata a valorização da cultura negra", ressaltou. "Além disso, traz empoderamento e pertencimento aos nossos estudantes, sendo importante para a perpetuação da cultura das escolas de samba em nossa região," comentou Nicolau.

SOBRE.
Formado em história pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), foi durante o seu trabalho de conclusão de curso, que Odair José Pereira, residente em São Vicente, desenvolveu uma pesquisa sobre a escola de samba. Após um tempo, surgiu a oportunidade de transformar o seu projeto em um livro, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC), pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado.

PROGRAMA.
O Programa de Ação Cultural é uma legislação de incentivo à cultura do Estado de São Paulo, criada em 2006, através da Lei nº 12.268. Inicialmente conhecido pela sigla PAC, no ano seguinte passou a ser denominado de ProAC.