Em Guarujá, 'Projeto Ondas' leva cidadania através do surf

Mais de 500 crianças e famílias já foram atendidas

Comentar
Compartilhar
05 MAR 2021Por Da Reportagem18h40
Na instituição, é possível participar do Programa 'Um Oceano de Cidadania', que reúne uma série de ações que priorizam a vivência e interação das crianças com o ambienteNa instituição, é possível participar do Programa 'Um Oceano de Cidadania', que reúne uma série de ações que priorizam a vivência e interação das crianças com o ambienteFoto: Projeto Ondas / Raquel Caxilé

Ao doar parte do Imposto de Renda por meio do Destinação Criança, o munícipe consegue transformar a vida de crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social em Guarujá.  A verba pode ajudar diversas entidades, e uma delas é o Projeto Ondas, localizado na Rua Almirante Tamandaré, nº 87- Jardim Três Marias.

Na instituição, é possível participar do Programa 'Um Oceano de Cidadania', que reúne uma série de ações que priorizam a vivência e interação das crianças com o ambiente, as pessoas e as diversas linguagens educativas, entre eles a Onda Esportiva, Onda do Saber, e Onda da Convivência.

Ao todo, mais de 500 crianças e suas famílias já foram atendidas pela organização, que utiliza o surf como instrumento de apoio à educação e inclusão social.

Para o presidente da entidade, Jojó de Olivença, o Destinação Criança é fundamental para manter os trabalhos sociais.  "Aqui no Projeto Ondas o apoio que temos com esses recursos contribui para a manutenção dos programas e, com isso, conseguimos alavancar e fortalecer ações em nossa organização", comenta.

DESTINAÇÃO CRIANÇAS.
É uma forma importante de reverter o dinheiro que você paga ao Imposto de Renda para projetos sociais. Contribuintes que fazem a declaração de Imposto de Renda (IR), pelo modelo completo, e no resultado final têm imposto a pagar podem destinar até 3% do tributo devido para o Fundo Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Confira o passo a passo para fazer sua doação:

1 – Optar pelo preenchimento da declaração no modelo completo;

2 – Acessar a aba 'Resumo da declaração', clicar no Cálculo do Imposto e observar quanto será o Imposto Devido;

3 – Selecionar 'Doações Diretamente na Declaração – ECA' e logo clicar em 'Novo';

4 – No campo 'Tipo de Fundo', escolher: 'Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes'.

5 – O contribuinte deverá inserir o Estado (SP) e selecionar o Município (Guarujá);

6 – No item 'Valor Disponível para doação' (embaixo à direita), saiba qual é a quantia máxima de destinação. O valor é calculado automaticamente;

7 – No campo 'Valor', o contribuinte poderá preencher até o limite do valor disponível para doação já calculado;

8 – No item 'doações Diretamente na Declaração – ECA', o contribuinte poderá imprimir ou salvar o DARF em seu computador no menu lateral;

9 – Realizar o pagamento do DARF até 30 de abril, prazo final.

10 – O recurso destinado, conforme a Receita Federal, fica no Município e ajuda projetos voltados a crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, além de idosos;