Em apenas cinco dias, campanha 'Turismo Solidário' arrecada duas toneladas de alimentos

Visitantes que foram conhecer o Mirante das Galhetas, o novo ponto turístico de Guarujá, doaram 1kg de alimento não perecível

Comentar
Compartilhar
17 MAI 2021Por Da Reportagem22h22
O arrecadado foi encaminhado nesta segunda-feira (17) ao Fundo Social de SolidariedadeO arrecadado foi encaminhado nesta segunda-feira (17) ao Fundo Social de SolidariedadeFoto: RAQUEL CAXILÉ/PMG

Mais novo atrativo turístico de Guarujá o, Mirante das Galhetas esbanja beleza natural e aguça o espírito de solidariedade. Em apenas cinco dias de funcionamento, o novo equipamento foi muito procurado por moradores e turistas e protagonizou a campanha 'Turismo Solidário', que já arrecadou duas toneladas de alimento não perecível.

O resultado só foi possível porque cada visitante doou 1 kg de alimento para acessar o Mirante,que tem como um dos principais atrativos um piso de vidro suspenso a 45 metros do mar, além de uma exuberante vista da Praia do Tombo, uma das mais procuradas da Cidade.

A campanha 'Turismo Solidário' é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Turismo (Setur) e o Fundo Social de Solidariedade do Município (FSS), que, em função do cenário pandêmico, uniram esforços para o combate à fome.

Todos os alimentos captados no complexo estão sendo destinados às famílias em vulnerabilidade social.A Setur realizou nesta segunda-feira (17) a entrega da primeira remessa de mantimentos à sede do FSS, que fará a distribuição aos munícipes em situação de vulnerabilidade.

 

"O desejo da retomada é grande, principalmente no setor turístico, mas é preciso entender as limitações do momento e a necessidade de exercitar a empatia e o amor ao próximo", destaca o secretário de Turismo, Fábio Santos. "Deus abençoe quem puder doar e também quem for receber os alimentos. Doar é um ato de amor", reforça a presidente do FSS de Guarujá, Edna Suman.

Sobre o Mirante das Galhetas
Localizado no Morro da Caixa D'água, entre as praias Astúrias e Tombo – recordista de certificações da Bandeira Azul na América do Sul, o Mirante das Galhetas teve seu acesso liberado ao público na última quarta-feira (12). Foram investidos aproximadamente R$ 2 milhões, captados no Ministério do Turismo, em atendimento a projeto desenvolvido pela Prefeitura.

Com acesso controlado, o equipamento funciona das 8 às 20 horas e para entrar é preciso doar 1 kg de alimento não perecível, dentro da campanha 'Turismo Solidário'. O atrativo conta com estacionamento para 14 veículos e um espaço para a prática de voo livre.

Não há tempo limite de permanência estabelecido no local, mas só poderão usufruir do espaço os visitantes que observarem os cuidados fundamentais para a não-disseminação da covid-19, em especial o distanciamento social e a obrigatória utilização de máscaras.