X
Guarujá

Casamento na praia marca retomada gradativa e segura de eventos

A celebração aconteceu na manhã de domingo (3), na Praia do Tombo

O casamento na Praia do Tombo foi uma experiência piloto para a retomada gradativa das atividades / Divulgação/PMG

Céu azul, sol radiante, brisa do mar. No lugar do altar, um aparadouro e uma guirlanda de flores e frutas tropicais. O tapete vermelho foi substituído por uma esteira sobre a areia, conforme determina a regulamentação. O barulho das ondas enalteceu a melodia da marcha nupcial. O cenário paradisíaco da Praia do Tombo - Bandeira Azul foi palco para a cerimônia de casamento no civil da contadora Valéria Mello e do administrador de empresas Eduardo Suzuki, na manhã de domingo (3).

A solenidade para cerca de 60 convidados foi o primeiro casamento na praia realizado desde o início da pandemia de covid-19 e marca a retomada gradativa e segura dos eventos no Município.

"Somos um casal que sempre pensou 'fora da caixinha' e tínhamos o sonho de casar na praia. Pensamos em cada detalhe e convidamos uma celebrante para realizar a cerimônia no civil", contou a noiva.

O secretário municipal de Turismo, Fábio Santos, explica que é necessário avançar passo a passo para que os eventos possam retornar, aquecer a economia da Cidade e gerar empregos e renda. O titular da pasta ressalta que é necessário cumprir a legislação regulamentada em decreto municipal e os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS), por causa da pandemia.

"Quem nunca sonhou em casar na praia, nesse cenário paradisíaco? A Prefeitura regulamentou a realização de casamentos na faixa de areia das praias urbanas da Cidade: Guaiúba, Tombo, Astúrias, Pitangueiras, Enseada e Pernambuco, em locais pré-determinados. Basta nos procurar, na Secretaria de Turismo, que informamos todos os requisitos e o regramento necessário", pontuou o secretário.

O casamento na Praia do Tombo foi uma experiência piloto nesse processo. A retomada gradativa das atividades é uma das metas da Secretaria de Turismo. A Administração Municipal avalia o avanço das ações de enfrentamento à pandemia e seus impactos para elaborar uma programação adequada ao momento, garantindo a segurança sanitária de munícipes e turistas.

Sobre os eventos voltados ao Turismo de Negócios, como feiras e congressos, a Secretaria apoia as iniciativas, mas reforça a necessidade do cumprimento de todos os protocolos exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como o distanciamento físico para evitar aglomerações, o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel, e a aferição de temperatura.

O secretário ressalta a importância da imunização contra a covid-19, recomendado que munícipes e turistas procurem os postos de vacinação e cumpram o ciclo vacinal: duas doses ou dose única para adultos e dose de reforço (terceira dose) para idosos e profissionais de Saúde.

 

Decreto Municipal

No mês de agosto, a Prefeitura publicou o Decreto 14.495/2021 para regulamentar a celebração de casamentos em trechos da faixa de areia das praias do Guaiúba, Tombo, Astúrias, Pitangueiras, Enseada, Pernambuco e Perequê. A atividade estava suspensa desde o início da pandemia.

As solicitações precisam ser efetuadas com antecedência mínima de 45 dias, com exceção do período da a alta temporada de verão, entre 24 de dezembro e o primeiro domingo após o Carnaval, e com feriados comuns ou prolongados.

A inscrição é feita mediante protocolo direcionado à Secretaria Municipal de Turismo. Entre os documentos exigidos estão: RG, CPF e comprovante de residência dos noivos. Se o responsável pelo evento for uma empresa, devem ser anexados CNPJ, e Contrato Social ou RG de sócios/representantes legais.

Os noivos também assinarão um termo de compromisso e responsabilidade, além de uma autorização de uso de imagem à Prefeitura de Guarujá.

A regulamentação define locais exatos onde as estruturas podem ser montadas. A montagem, realização da cerimônia e desmontagem da infraestrutura devem ser feitas entre 7 e 19 horas, no espaço máximo de 200 m² e com a frequência de até 100 convidados.

A realização do evento está condicionada ao recolhimento de duas taxas simbólicas. Uma referente ao protocolo geral do Município, que custa 10 Unidades Fiscais Municipais (UFMs) – o equivalente a R$ 36,00, e outra de 576 UFMs (R$ 2.073,60), que diz respeito ao uso do espaço em si.

Os valores recolhidos serão destinados ao Fundo Municipal de Turismo (Fumtur), para a promoção de atividades do setor, e os formulários a serem protocolados estarão à disposição no site da Prefeitura (guaruja.sp.gov.br), na aba 'Turismo'.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Telemedicina: ela veio para ficar?

Para especialistas, consultas a distância são prática sem volta e vieram para tornar mais acessíveis os serviços de saúde

Esportes

Palmeiras anuncia saída de Felipe Melo e fala em ídolo eterno

Felipe Melo chegou ao Palmeiras em 2017 e, com a camisa alviverde, conquistou dois títulos da Libertadores (2020 e 2021), um Campeonato Brasileiro (2018), uma Copa do Brasil (2020) e um Campeonato Paulista (2020)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software