X

GUARUJÁ

Carnaval de Guarujá deverá ser na orla da Enseada

Há também tratativas em andamento sobre a escolha da Corte Carnavalesca

Carlos Ratton

Publicado em 27/01/2023 às 07:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Bandas e blocos também estarão nas ruas de Guarujá / Divulgação/PMG

A informação é extraoficial, mas Guarujá terá desfile das escolas de samba da cidade. Começará às 21 horas de segunda-feira (20) e termina no início da madrugada de terça-feira (21), na Avenida Miguel Estéfano, na orla da praia da Enseada.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Serão seis escolas e o desfile seguirá na seguinte ordem: escola de samba São Jorge (21 horas); Guarujá (21h45); Imperador (22h30); Renascer (23h15); São Miguel (meia-noite) e Amazonense (0h45 de terça).

Outra informação: as tratativas também estão relacionadas ao formato da Corte Carnavalesca, que depende da comunicação entre Prefeitura e escolas. O Conselho das Escolas de Samba deve fazer as indicações, mas o tempo de fazer um concurso está bem curto.

PREFEITURA

Procurada, a Prefeitura respondeu apenas que a possibilidade de realização de desfile das escolas de samba no Município está em discussão pela Secretaria Municipal de Cultura e ainda não há definições sobre formato, estrutura a ser disponibilizada ou número de agremiações participantes.

No entanto, já havia adiantado que o evento seria realizado com a iniciativa privada, por meio de cotas de patrocínio.

Também que foi publicado no Diário Oficial do Município, em 18 de janeiro, o Comunicado 02/2023, com o objetivo de organizar o pré-cadastro de bandas e blocos carnavalescos que pretendem se apresentar nas ruas da Cidade.

Esse pré-cadastro servirá como base para a comissão organizadora do Carnaval, que reunirá representantes de secretarias municipais e da Polícia Militar, elaborar o regulamento do Carnaval de Rua 2023.

SÃO VICENTE

Por recomendação da Polícia Militar (PM), o tradicional Ba-bahianas e demais blocos de Carnaval de São Vicente, tanto fixos quanto de deslocamento, não passarão pela Orla do Gonzaguinha.

A medida foi traçada nesta quarta-feira (25), em reunião promovida entre Prefeitura e forças de defesa e segurança, no Salão Nobre do Paço Municipal.

A determinação surgiu devido ao fato de o espaço estar passando por revitalização e, consequentemente, acarretar no acúmulo de resíduos de construção.

O ponto de concentração dos blocos está em processo de definição, e será divulgado em breve pela Administração Municipal.

O encontro também pautou a necessidade de medidas estratégicas a fim de reforçar o esquema de segurança no Carnaval.

Por ser situada no litoral, São Vicente costuma atrair uma alta quantidade de pessoas no período. De maneira preventiva, as autoridades discutem soluções, visando coibir possíveis ocorrências criminais.

"Sabemos que, por ser uma cidade litorânea, a quantidade de moradores e turistas que vão às ruas é alta. Isso pode atrair a criminalidade. Para possibilitar o público a curtir os festejos, precisamos de um esquema reforçado. Estamos trabalhando de forma preventiva", ressaltou o prefeito Kayo Amado.

Vale lembrar que, no domingo (22), São Vicente contou com esquema reforçado para o show do cantor Diogo Nogueira, garantindo a segurança do local.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Saiba quantas calorias têm os seus lanches favoritos do McDonald´s

Informações foram retiradas do próprio site da rede de fast-food

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter