Bolsonaro chega ao Guarujá e fala sobre futebol, caso Marielle e turismo na Região

Antes de entrar no Forte dos Andradas o presidente desceu do carro para falar com a população, tirar fotos e também conversar com jornalistas.

Comentar
Compartilhar
15 NOV 2019Por Jeferson Marques11h37
Bolsonaro foi recepcionado pelo prefeito de Guarujá, Válter Suman.Foto: Facebook/Válter Suman

O presidente da república Jair Bolsonaro chegou ao Forte dos Andradas, no Guarujá, na manhã desta sexta-feira (15), feriado da Proclamação da República. Ele deve permanecer na cidade até o domingo, dia 17. Além de descer do carro para falar com populares que o aguardavam, o presidente também conversou por cerca de 4 minutos com a imprensa. E abordou vários assuntos. Confira abaixo os principais trechos do bate-papo:

TURISMO NA BAIXADA SANTISTA

"Sei que há muitas dificuldades em várias cidades aqui da Região, e como presidente penso no Brasil como um todo. Agora, mais precisamente falo do Vale do Ribeira, que é aqui do lado. Penso que devemos incentivar muito o turismo lá também. Tanto aqui quanto lá o potencial é enorme e devemos fazer isso".

CASO MARIELLE FRANCO

"Primeiro tentaram vincular o meu nome ao assassinato dela. O que eu tenho a ver com isso? Nunca tive. Agora, querem fazer a mesma coisa com o nome de algum dos meus filhos. Moro num condomínio com cerca de 150 pessoas. Se um dia chegarem lá e roubarem galinhas, vão dizer que no dia seguinte teve galinhada na minha casa".

SANTOS X SÃO PAULO

"Todo mundo sabe que torço pro Palmeiras, mas sou amante do futebol e vou até a Vila Belmiro para assistir ao espetáculo do jogo. E sei que a torcida do Santos me tratará com muita consideração. A mesma consideração que tenho pelas torcidas de todos os demais times".

Depois da conversa Bolsonaro seguiu para dentro do Forte. E enfatizou. "Estou aqui para descansar. Devo receber algumas pessoas ou lideranças, mas meu objetivo aqui, por esses dias, é descansar".