Xavi pode deixar Barcelona para ganhar R$ 35 milhões por ano no Catar

O meio-campista espanhol é o jogador que mais atuou na história do Barça, tendo passado das 750 partidas em quase duas décadas de clube

Comentar
Compartilhar
26 MAR 201513h41

Encontrar Xavi na lista de relacionados já é rotina que dura 18 anos no Barcelona, mas pode terminar em junho. O meio-campista pode trocar o clube catalão pelo Al Sadd, do Catar, no qual receberia 10 milhões de euros (cerca de R$ 35 mi) por temporada.

O meio-campista espanhol é o jogador que mais atuou na história do Barça, tendo passado das 750 partidas em quase duas décadas de clube. Revelado em 1998, ele nunca defendeu outra equipe na carreira.

Segundo o diário El Mundo Deportivo, seu contrato com o Al Sadd deve ser de três temporadas, com opção de renovação por mais uma. Xavi chegou a ter propostas de franquias da Major League Soccer, mas preferiu o país árabe.

Ídolo culé, Xavi Hernández deve trocar Barcelona por clube catari ao final da temporada europeia (Foto: Divulgação)

O meio-campista trocará a permanência na Catalunha para, além de atuar no Al Sadd, ser professor no centro de desenvolvimento de futebol do Catar. Chamado de Academia Aspire, o espaço é voltado à revelação de jogadores. O projeto da seleção catari é alcançar nível competitivo até a Copa do Mundo de 2022, da qual será anfitriã.

Os 35 anos fazem com que Xavi não seja mais unanimidade no meio-campo azul e grená. Apesar de manter a classe que lhe é peculiar, ele tem diminuído sua participação na equipe por concorrer com Rakitic, Iniesta e Rafinha. O meia esteve pouco mais da metade dos 2,5 mil minutos jogou neste Campeonato Espanhol.