Banner gripe

Willian tem lesão diagnosticada e desfalca Palmeiras por até três semanas

O atacante sofre a segunda lesão muscular na temporada. Em julho, perdeu o compromisso mais importante do ano - o jogo no Allianz Parque conta o Barcelona do Equado

Comentar
Compartilhar
21 OUT 2017Por Folhapress15h30
Willian saiu durante o primeiro tempo durante a vitória por 2 a 0 sobre a Ponte PretaFoto: Agência Palmeiras

O Palmeiras não contará com o seu artilheiro nas próximas três semanas. Na tarde desta sexta-feira (20), Willian, que saiu durante o primeiro tempo durante a vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, teve diagnosticado um edema na coxa direita e ficará afastado da equipe.

Goleador do Palmeiras na temporada com 17 gols, Willian sofre assim a segunda lesão muscular na temporada. Em julho, o atacante perdeu o compromisso mais importante do ano -o jogo no Allianz Parque conta o Barcelona do Equador, pela Copa Libertadores- por uma lesão no musculo posterior da coxa esquerda.

De acordo com a previsão palmeirense, Willian, que atuou em 49 partidas na temporada, vai voltar apenas no confronto diante do Flamengo, marcado para a 34ª rodada do Brasileirão. O camisa 29 desfalca o atual campeão nacional diante de Grêmio, Cruzeiro, Corinthians e Vitória.

A ausência de Willian deve abrir a chance de uma sequência para Miguel Borja. O colombiano, que quebrou um jejum de 120 dias sem balançar as redes na noite da última quinta-feira (19), é a primeira alternativa ao posto de titular com Alberto Valentim.

Deyverson, antigo titular de Cuca, sequer entrou nos dois jogos sob o comando do técnico-interino.

A provável primeira oportunidade de Borja se firmar como titular é justamente em um duelo direto pela vice-liderança da Série A. No domingo (22), o Palmeiras vai até Porto Alegre para encarar o Grêmio, que ocupa a segunda colocação apenas pelo saldo de gols superior.

Colunas

Contraponto