Walter quer melhora no ataque do Corinthians sem descuido na defesa

O goleiro Walter gostou do comportamento do time no jogo-treino contra o Red Bull, vencido por 2 a 0, e quer algo parecido no começo do Campeonato Paulista

Comentar
Compartilhar
16 JAN 201413h49

Titular no início da temporada por causa da contusão de Cássio, Walter espera que a melhora ofensiva buscada pelo Corinthians não tire a eficiência da defesa. O goleiro Walter gostou do comportamento do time no jogo-treino contra o Red Bull, vencido por 2 a 0, e quer algo parecido no começo do Campeonato Paulista.

“Infelizmente, no ano passado, a equipe não deixou de se defender bem, mas faltaram os gols. O time precisa estar mais equilibrado, fazer os gols, mas sem deixar lá atrás exposto. Nesse jogo-treino, conseguimos criar bastante e chutar a gol bastante sendo firmes na defesa”, afirmou.

Em sua apresentação, Mano Menezes havia mencionado a necessidade de dar atenção a um setor “em detrimento de outro”. É evidente que estava falando em ajeitar a parte ofensiva, uma vez que o Corinthians marcou apenas 27 gols em 38 rodadas, sendo vazado em apenas 22 oportunidades.

No teste contra o Red Bull, no entanto, não foram observadas grandes diferenças em relação ao time de Tite. Armado no 4-2-3-1, a equipe teve proteção razoável à zaga, com Danilo atento à marcação pela esquerda. Romarinho ficou mais solto na direita, mas também fez sua parte no auxílio ao sistema defensivo.

Titular no início da temporada por causa da contusão de Cássio, Walter espera que a melhora ofensiva buscada pelo Corinthians não tire a eficiência da defesa (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Assim, foram poucos os chutes defendidos por Walter, que espera trabalho semelhante no domingo, contra a Portuguesa, no Canindé. “Que continue assim. Vou estar atento para fazer o meu trabalho da melhor maneira, mas é melhor mesmo que venha poucas bolas.”