Vettel supera Raikkonen, e Ferrari garante dobradinha em Mônaco

Além da dobradinha da Ferrari, que reafirmou seu domínio em Mônaco, o que se viu durante todo o fim de semana, Daniel Ricciardo, da Red Bull, completou o pódio

Comentar
Compartilhar
28 MAI 2017Por Gazeta Press11h34
Vettel venceu a terceira corrida em 2017Foto: AFP

Neste domingo foi realizado o Grande Prêmio de Mônaco, sexta prova da temporada de 2017 da Fórmula 1. Apesar de largar na segunda colocação, Sebastian Vettel foi o vencedor, após ter acertado na estratégia, o que possibilitou que o tetracampeão superasse seu companheiro, Kimi Raikkonen. A vitória ainda encerrou um jejum de vitórias da escuderia italiana no circuito, já que a última vitória havia sido em 2001, com Michael Schumacher.

Além da dobradinha da Ferrari, que reafirmou seu domínio em Mônaco, o que se viu durante todo o fim de semana, Daniel Ricciardo, da Red Bull, completou o pódio, terminando na terceira colocação. A melhor Mercedes foi a de Valtteri Bottas, que terminou em quarto, e foi seguido por Max Verstappen, da Red Bull. Felipe Massa, que não conseguiu sair em uma boa colocação, foi o nono, somando dois pontos para a Williams.

Já Lewis Hamilton, que largou apenas na 13ª colocação, conseguiu ganhar posições, finalizando em sétimo. Mesmo assim, o saldo acabou sendo negativo para o piloto da Mercedes, que viu Vettel abrir ainda mais vantagem na liderança do Mundial: 129 a 104 para tetracampeão da Ferrari.

A prova, uma das mais tradicionais do campeonato de F1, ainda teve outros componentes especiais. Antes do início, Fernando Alonso, que está os Estados Unidos para a disputa das 500 Milhas de Indianápolis, conversou com Jenson Button pelo rádio. O britânico, campeão mundial em 2009, assumiu o lugar do espanhol para o GP de Mônaco.

Além disso, tudo era acompanhado de perto pelo atual campeão da Fórmula 1, Nico Rosberg, agora aposentado, que também marcou presença no evento. O próximo compromisso da Fórmula 1 acontece daqui duas semanas, com a disputa do Grande Prêmio do Canadá, disputado no Circuito Gilles Villeneuve. Na temporada de 2016, o vencedor da prova foi Lewis Hamilton.