Vanderlei brilha e garante primeira vitória do Santos no Brasileiro

Após gol marcado pelo zagueiro David Braz ainda no início do jogo, o goleiro brilhou com grandes defesas e ainda pegou pênalti cobrado por Alecsandro no fim

Comentar
Compartilhar
20 MAI 2017Por Diário do Litoral18h13
David Braz anotou o único gol do Peixe na Vila. Porém, quem foi o destaque foi o goleiro VanderleiDavid Braz anotou o único gol do Peixe na Vila. Porém, quem foi o destaque foi o goleiro VanderleiFoto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Após empate heroico na altitude de La Paz (BOL) e classificação assegurada para as oitavas de final da Libertadores da América, o Santos voltou a viver momentos de adrenalina e garantiu uma suada vitória, por 1 a 0, diante do Coritiba, neste sábado (20), na Vila Belmiro, pelo Brasileirão 2017.

O principal destaque do jogo e responsável pela primeira vitória da equipe no torneio foi o goleiro Vanderlei. Ele fez ao menos quatro grandes defesas ao longo da partida e, de quebra, pegou pênalti cobrado pelo centroavante Alecsandro, que renderia empate para o time paranaense no fim do jogo.

O gol da partida foi marcado pelo zagueiro David Braz, que retornou à equipe após ser ausência nos últimos três jogos por conta de uma lesão, aos sete minutos. Após cruzamento de Hernández, o atacante Bruno Henrique desviou de cabeça, e o camisa 14 só teve o trabalho de desviar às redes.

O Peixe, porém, esteve longe de uma boa atuação. Sem contar com os titulares Victor Ferraz, Vitor Bueno e Renato, poupados, a equipe teve dificuldades na criação e sofreu ainda mais depois que o meia Lucas Lima, principal articulador da equipe, sofreu uma lesão e deixou o jogo no início.

A sorte é que o goleiro Vanderlei, que teve grande passagem pelo Coxa, esteve em uma tarde pra lá de inspirada contra a sua ex-equipe. Kleber, Neto Berola, Matheus Galdezani, Henrique Almeida... todos pararam no camisa 1. Ao fim do jogo, ele foi ovacionado por ambas as equipes no estádio.

A equipe do técnico Dorival Júnior também teve boas oportunidades para ampliar o marcador, mas pecou na conclusão. A principal oportunidade foi com o centroavante Ricardo Oliveira, no fim do primeiro tempo. Ele recebeu livre na pequena área, mas acabou travado pelo goleiro Wilson.

Após outra dose de emoção, o Santos volta a campo na próxima terça-feira (23) para o duelo contra o Sporting Cristal, na Vila Belmiro, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Pelo Brasileirão, o próximo jogo é diante do Cruzeiro, no dia 28 (domingo), no mesmo estádio, a partir das 16h.