Único invicto, Flamengo assume a liderança na NBB

Equipe carioca superou o Basquete Cearense, no Rio de Janeiro, e aproveitou a derrota do Paulistano para chegar à primeira posição na tabela.

Comentar
Compartilhar
16 DEZ 201211h00

Após ter vencido o clássico diante do Brasília, no confronto que marcou o 1000º jogo do NBB, o Flamengo voltou a vencer na competição. Neste sábado, os cariocas superaram o SKY/Basquete Cearense, em casa, por 86 a 61.

Com o resultado, o rubro-negro manteve a invencibilidade no NBB, com quatro vitórias, e aproveitou a derrota do Paulistano, para o Vila Velha, para assumir a liderança por aproveitamento no campeonato (100%). O time carioca é, hoje, a única equipe invicta na temporada 2012/2013.

O ala/pivô Olivinha foi o principal destaque do Flamengo na partida ao anotar um duplo-duplo de 18 pontos e 11 rebotes. Seu companheiro Marquinhos também teve bom desempenho, com 19 pontos. O principal pontuador do Basquete Cearense foi o ala Rogério, com 12 pontos.

"Ficamos muito contentes com mais uma vitória. Tomamos apenas 61 pontos nesse jogo, a defesa funcionou muito bem. Agora, temos que continuar trabalhando forte para manter esse ritmo no campeonato", comemorou Olivinha.

Sem dúvidas, o equilíbrio é uma das principais marcas da temporada 2012/2013 do NBB. Todas as equipes mostrando que são capazes de conseguir qualquer resultado. A prova disso foi a excelente vitória do Vila Velha/Garoto/UVV sobre o líder Paulistano/Unimed por 90 a 80, fora de casa. A equipe do Espírito Santo não se abateu com a derrota de quinta-feira, no último segundo para o Pinheiros e conquistou a terceira vitória da equipe no campeonato, aproveitando para colocar fim à seqüencia de seis triunfos consecutivos do Paulistano.

Os destaques da partida foram o norte-americano Benzor Simmons, com 25 pontos e quatro rebotes, seguido por Alexandre Pinheiro, autor de 19 pontos e oito assistências. Três jogadores do Paulistano fizeram 16 pontos: Manteguinha, Eddy e Toyloy.

Também em São Paulo, o Pinheiros/SKY venceu mais uma, dessa vez sobre o Icatu/Minas, por 91 a 77. O ala/armador Paulinho Boracini foi o destaque do time paulista, com 32 pontos. Esse foi o quarto triunfo do Pinheiros em cinco jogos, o primeiro com diferença maior que dois pontos.

(Foto: Divulgação)
Mais jogos pelo estado de São Paulo

Graças a um quarto período impecável, o São José/Unimed transformou uma partida acirrada contra o Suzano/Cesumar/Campestre em uma vitória com certa tranquilidade por 100 a 80, fora de casa, em Suzano (SP). Três jogadores do campeão paulista conseguiram números impressionantes. O pivô Deivisson fez 27 pontos e pegou 16 rebotes. O ala/pivô Jefferson William marcou 24 pontos. O armador Fulvio foi o responsável por 17 assistências.

O Winner/Limeira conseguiu uma vitória importante, em casa, diante do Vivo/Franca, por 72 a 58. Com o resultado, os limeirenses chegaram ao terceiro triunfo em oito partidas disputadas (37,5% de aproveitamento). O ala do Limeira, Fernando Mineiro, foi o cestinha do jogo, com 20 pontos, seguido pelo ala Matheus Dalla, com 17, e o pivô Daniel Alemão, com 14.

Em Mogi das Cruzes, o Helbor/Mogi saiu vitorioso no reencontro dos finalistas da Super Copa Brasil 2012, diante do Palmeiras, por 78 a 75. Os mogianos contaram com 17 pontos do ala Guilherme Filipin para chegar à segunda vitória no NBB, após cinco derrotas consecutivas.

Outro time que fez prevalecer o mando de quadra foi o Cia do Terno/Romaço/Joinville, que bateu o Unitri/Universo, por 71 a 62. O principal pontuador do Joinville foi o armador Thyago Aleo, com 19 pontos. O pivô Ricardo Probst também apareceu com destaque, ficando perto de um duplo-duplo, com 13 pontos e oito rebotes.

Fechando a rodada, o atual tricampeão do NBB voltou a vencer na competição. Mesmo sem contar com Alex e Nezinho, o Uniceub/BRB/Brasília venceu o Tijuca/Rio de Janeiro, fora de casa, por 73 a 53. O grande nome do confronto foi o ala/pivô Guilherme Giovannoni, que anotou um duplo-duplo de 19 pontos e 18 rebotes.

Confira os resultados dos jogos da oitava rodada do NBB:

15/12 (sábado)

Paulistano/Unimed 80 x 90 Vila Velha/Garoto/UVV
Pinheiros/SKY 91 x 77 Icatu/Minas
Tijuca/Rio de Janeiro 53 x 73 Uniceub/BRB/Brasília
Helbor/Mogi das Cruzes 78 x 75 Palmeiras
Suzano/Cesumar/Campestre 80 x 100 São José/Unimed
Cia do Terno/Romaço/Joinville 71 x 62 Unitri/Universo
Winner/Limeira 72 x 58 Vivo/Franca
Flamengo 86 x 61 SKY/Basquete Cearense