Torcida organizada do Corinthians faz protesto no CT Joaquim Grava

O protesto acontece dois dias depois da eliminação do Corinthians na Copa Libertadores. O time perdeu para o modesto Guaraní, do Paraguai, por 1 a 0, no Itaquerão

Comentar
Compartilhar
15 MAI 201516h56

Um pequeno grupo de torcedores ligados à Camisa 12, uma das principais organizadas do Corinthians, faz um protesto pacífico na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira.Os torcedores espalharam notas falsas de dinheiro no chão e estenderam faixas nas grades e no portão de entrada do CT. "Jogadores mercenários, futebol precário" dizia uma das faixas.

O protesto acontece dois dias depois da eliminação do Corinthians na Copa Libertadores. O time perdeu para o modesto Guaraní, do Paraguai, por 1 a 0, no Itaquerão, e caiu nas oitavas de final do torneio.

Um dos líderes do grupo, o torcedor Marco Capão, diretor da Camisa 12, criticou os altos salários pagos aos jogadores e pede uma mudança de postura dos atletas dentro de campo.

Seguranças particulares do clube e uma viatura da polícia também estão no CT. Já o elenco está em campo, treinando para a partida deste sábado contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro.