Tite será mantido mesmo com derrota na Copa América, diz presidente da CBF

Em entrevistas recentes, o técnico disse saber que poderá perder o emprego caso o time nacional sucumba no torneio

Comentar
Compartilhar
10 JAN 2019Por Folhapress19h01
Rogério Caboclo prestigiou o técnico da seleção brasileiraFoto: Pedro Martins/MoWa Press

O presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo, prestigiou o técnico da seleção brasileira, Tite, nesta quinta-feira (10), durante o lançamento da venda de ingressos da Copa América. O cartola afirmou que o treinador permanecerá no cargo mesmo que a seleção seja derrotada.

Em entrevistas recentes, o Tite disse saber que poderá perder o emprego caso o time nacional sucumba no torneio.

"Disse ao Tite que se isso motivá-lo para a disputa da Copa América pode continuar pensando assim. Mas ele tem contrato até o Mundial do Qatar e vai continuar até lá", disse Caboclo, que assumirá a presidência em abril.

O torneio continental será disputado no Brasil de 14 de junho até 7 de julho. A abertura da competição acontecerá no Morumbi.

A partir das 18h desta quinta, os ingressos começarão a ser vendidos no site do evento.

Tite renovou o contrato com a seleção brasileira logo após a derrota da seleção na Copa do Mundo da Rússia no ano passado. Desde então, a seleção fez seis amistosos e venceu todos.

Em março, o Brasil fará mais dois amistosos como parte da preparação para a Copa América.

Dois meses depois, o treinador convocará os jogadores para a disputa do torneio, cujo sorteio dos grupos será feito no próximo dia 24, no Rio de Janeiro. Na primeira fase, a seleção jogará em Salvador e no Itaquerão.

Colunas

Contraponto