Tite cobra que Corinthians ofereça menos chances ao adversário

Segundo o treinador, a equipe deu oportunidades demais ao Palmeiras no empate do último domingo (17)

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201311h53

Tite cobrou um comportamento mais equilibrado do Corinthians em sua estreia na Copa Libertadores, marcada para esta quarta-feira, contra o San Jose, na Bolívia. Segundo o treinador, a equipe deu oportunidades demais ao Palmeiras no empate do último domingo.

“A gente não precisa criar oito, nove chances, como foi contra o Palmeiras, mas também não pode oferecer tantas. O que buscamos é mais equilíbrio”, resumiu o gaúcho, usando uma palavra fundamental em sua concepção de futebol.

Equilíbrio foi o que o comandante não viu no Derby. O Timão começou massacrando, marcando um gol e perdendo três, antes de começar a andar em campo e levar a virada. Após as entradas de Romarinho, Renato Augusto e Alexandre Pato, partiu novamente ao ataque e buscou o empate por 2 a 2.

Tite não gostou dos espaços oferecidos ao arquirrival no clássico do último domingo (Foto: Divulgação/ Agência Corinthians)

“Em alguns jogos, a equipe quer vencer antes de ter desempenho, e não é assim. Primeiro, você constrói um bom desempenho, com equilíbrio. O resultado é uma consequência disso, dessa consistência. Temos de dar menos chance aos adversários”, repetiu.

Em Oruro, a mais de 3.700 metros do nível do mar, o campeão mundial deve ter um comportamento mais cauteloso. Marcar em cima, por exemplo, característica do time nas partidas que permitem essa estratégia, é algo descartado pelo desgaste que acarretaria.