Times paulistas estão liberados para voltar a treinar

A confirmação foi dada à FPF nesta terça pelo vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM)

Comentar
Compartilhar
16 JUN 2020Por Folhapress21h59
As equipes precisarão seguir etapas e recomendações para poderem retornar às atividadesFoto: DIVULGAÇÃO

A Federação Paulista de Futebol informou nesta terça-feira que os times paulistas estão liberados para voltar a treinar. A confirmação foi dada à entidade pelo vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM). As equipes precisarão seguir etapas e recomendações para poderem retornar às atividades.

Os principais passos a serem seguidos para a retomada, prevista no protocolo, incluem, na ordem, testagem, educação e conscientização, retomada com trabalho individual e, por fim, proteção e higiene. Até o isolamento mínimo foi mencionado.

"Acabei de receber um 'ok' do Rodrigo Garcia. Já repassei ao Reinaldo [Carneiro Bastos, presidente da FPF] e ao Moisés [Cohen, chefe-médico da FPF]. Agora é aguardar o anúncio do [governador de São Paulo, João] Doria e iniciar essa retomada gradual, seguindo todos os protocolos", disse o delegado Olim, presidente do TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo).

Os principais clubes de São Paulo tiveram uma reunião com a Prefeitura da capital paulista na última semana. No encontro, os dirigentes entregaram o protocolo ao Centro de Continência do coronavírus de São Paulo, órgão do governo estadual. O documento é o que será utilizado agora pelos times para voltarem a treinar.

Vale lembrar que ainda não há previsão para a retomada dos jogos. Existe, entretanto, uma tendência de que as partidas voltem a acontecer após um mínimo de 20 dias de "pré-temporada".
*
Confira itens do protocolo que será adotado pelos clubes paulistas:
- Todos os envolvidos nos treinamentos (atletas, comissão técnica e demais profissionais) serão testados antes do início das atividades e a cada mudança de fase de treinos;
- É obrigatório o uso de máscaras a todos, exceto aos atletas apenas durante as atividades físicas;
- Haverá processo constante de educação e reforço sobre as medidas de prevenção à doença a todos os profissionais;
- A retomada dos treinos respeitará as recomendações de distanciamento físico, iniciando com trabalhos individuais, ao ar livre;
- Profissionais deverão ter equipamentos de hidratação individuais;
- Todos envolvidos nos treinamentos deverão manter a rotina apenas de casa-treino-casa, mantendo o isolamento social como premissa.