Técnico minimiza importância de jogo contra Timão na briga pela ponta

Com a derrota do Peixe para a Ponte Preta, o Corinthians é agora o único invicto do Campeonato Paulista e, de quebra, ficou com a liderança isolada na classificação geral

Comentar
Compartilhar
27 MAR 201517h32

O Santos conheceu sua primeira derrota em 2015 nesta quinta-feira, com o revés para a Ponte Preta por 3 a 1 em Campinas. Na teoria, não há motivo para grandes preocupações, já que o time está classificado na ponta de seu grupo e conquistou a vaga com cinco rodadas de antecedência. Porém, o Peixe perdeu a liderança na classificação geral para o Corinthians, que também entrou em campo nesta quinta e goleou o Penapolense, em Itaquera, por 5 a 3.

"A gente soube quando entrou em campo, mas isso não é nem falado no vestiário, nem na preleção. Essa derrota não muda nada, não nos impediu daquilo que a gente quer", disse o técnico santista Marcelo Fernandes.

Com a derrota do Peixe para a Ponte Preta, o Corinthians é agora o único invicto do Campeonato Paulista e, de quebra, ficou com a liderança isolada na classificação geral com 32 pontos. O Santos segue na cola, com 29. Diante disso, o clássico entre as equipes, marcado para dia 5 de abril, daqui a duas rodadas, em Itaquera, tem tudo para decidir quem terminará a primeira fase na ponta e terá a vantagem de decidir em casa até a final.

No entanto, Marcelo Fernandes prefere pensar jogo a jogo e tenta minimizar a importância do confronto direto. "Jogo decisivo para nós é domingo, contra o São Bento, adversário difícil, uma equipe bem montada, tem grandes jogadores e, logicamente, passando por isso, domingo, lá na Arena do Corinthians, vai ter essa partida que pode ser importante para o que a gente quer, que é o primeiro ou o segundo lugar", comentou o treinador, enaltecendo a modesta equipe de Sorocaba, que ocupa apenas a penúltima colocação no Grupo B, o mesmo do Corinthians, com 14 pontos em 12 jogos disputados.

Tropeço fora de casa fez Peixe perder ponta da tabela, mas técnico tenta minimizar importância de clássico (Foto: Divulgação/Santos FC)

Na próxima rodada, o Alvinegro da capital visita o Bragantino. Mas, como as grandes equipes do Estado não têm tido dificuldades para superar os adversários do interior, é provável que o time comandado pelo técnico Tite vença sem grandes problemas, assim como o Santos tem tudo para passar pelo São Bento sem maiores adversidades.

Nada, porém, faz com que Marcelo Fernandes já projete algo para o clássico que está por vir, pelos menos na teoria. Questionado sobre a possibilidade de poupar alguns jogadores neste domingo, o técnico foi enfático. "Não muda nada do que eu já falei. Vamos fazer os exames e, se tiver jogador com suspeita de lesão, a gente vai tirar. Tem esse jogo (contra o Corinthians), mas antes tem o São Bento", reafirmou.

Em caso de vitórias de Corinthians e Santos nesta 13ª rodada, um simples empate no clássico que será disputado em Itaquera garante a liderança ao Timão e, consequentemente, a vantagem de decidir todos os confrontos diante de seu torcedor.