X
Esportes

Técnico da 'geração de prata' do vôlei do Brasil, Bebeto de Freitas morre em BH

Ele tinha 68 anos de idade e vinha exercendo a função de diretor de administração e controle do Atlético-MG

Bebeto de Freitas morreu nesta terça-feira, em Belo Horizonte / Bruno Cantini/CAM/Flickr/Divulgação

Famoso principalmente por ter sido o técnico da grande "geração de prata" do vôlei masculino do Brasil, Bebeto de Freitas morreu nesta terça-feira, em Belo Horizonte, depois de ter sido vítima de um ataque cardíaco. Ele tinha 68 anos de idade e vinha exercendo a função de diretor de administração e controle do Atlético-MG, para o qual estava trabalhando quando se sentiu mal no início da tarde desta terça.

O dirigente integrava a nova diretoria do clube mineiro, da qual se tornou integrante após a eleição do presidente Sérgio Sette Câmara, no final do ano passado.

E o ex-treinador se sentiu mal em evento realizado na Cidade do Galo, onde participou do lançamento do time de futebol americano do Atlético-MG, o Galo FA, no fim da manhã.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Lula celebra fim do caso tríplex e ataca Moro

A juíza Pollyanna Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, arquivou o processo contra o ex-presidente em decisão tomada nesta quinta-feira (27). Na ação, o ex-presidente era acusado de lavagem de dinheiro e corrupção

Polícia

130 kg de cocaína são apreendidos durante operação no Porto de Santos

A droga só pôde ser acessada com o auxílio de mergulhadores

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software