X
Esportes

Técnico da 'geração de prata' do vôlei do Brasil, Bebeto de Freitas morre em BH

Ele tinha 68 anos de idade e vinha exercendo a função de diretor de administração e controle do Atlético-MG

Bebeto de Freitas morreu nesta terça-feira, em Belo Horizonte / Bruno Cantini/CAM/Flickr/Divulgação

Famoso principalmente por ter sido o técnico da grande "geração de prata" do vôlei masculino do Brasil, Bebeto de Freitas morreu nesta terça-feira, em Belo Horizonte, depois de ter sido vítima de um ataque cardíaco. Ele tinha 68 anos de idade e vinha exercendo a função de diretor de administração e controle do Atlético-MG, para o qual estava trabalhando quando se sentiu mal no início da tarde desta terça.

O dirigente integrava a nova diretoria do clube mineiro, da qual se tornou integrante após a eleição do presidente Sérgio Sette Câmara, no final do ano passado.

E o ex-treinador se sentiu mal em evento realizado na Cidade do Galo, onde participou do lançamento do time de futebol americano do Atlético-MG, o Galo FA, no fim da manhã.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Moro lamenta morte em SE, mas elogia Polícia Rodoviária Federal

Genivaldo de Jesus Santos morreu por asfixia em uma ação da PRF, no final da tarde de quarta-feira (25)

Saúde

Plano de saúde individual vai subir 15%, a maior alta em 22 anos

O percentual mais elevado já autorizado pela ANS até hoje havia sido de 13,57% em 2016

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software