Surto de gripe atinge elenco do Santos e desperta dúvidas para quarta

Nos últimos dias, sete jogadores sofreram com o problema. Nesta segunda-feira, Thiago Maia e Kayke foram ausências em treinamento

Comentar
Compartilhar
26 JUN 2017Por Diário do Litoral17h10
Thiago Maia deve ser o principal desfalque do timeFoto: Ivan Storti/Santos FC

Além de ter que lidar com a dificuldade dos seus arquirrivais em campo neste ano, o Santos também enfrenta um adversário complicado fora dos gramados. Nos últimos dias, sete jogadores foram acometidos por gripe ou virose. Os problemas despertam preocupação do técnico Levir Culpi para o jogo contra o Flamengo, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Na reapresentação da equipe nesta segunda-feira, após derrota para o Sport, na Vila Belmiro, dois titulares foram ausências por conta dos problemas anteriormente mencionados. O volante Thiago Maia tem sintomas de uma virose, enquanto o centroavante Kayke foi diagnosticado com uma forte gripe. Ambos não compareceram ao CT Rei Pelé por conta dos problemas.

A Comissão Técnica aguarda uma posição do Departamento Médico do clube para saber se a dupla terá condição de atuar contra o time carioca neste meio de semana. Caso não estejam em condições, o técnico Levir Culpi terá que lidar com alguns problemas na escalação da equipe titular, sobretudo pela falta de opção no comando do ataque.

O centroavante Ricardo Oliveira, que não atua há sete rodadas por conta de dores na panturrilha e mais recentemente por conta de gripe e febre, não deve ser opção para a possível ausência de Kayke. Outro centroavante do elenco, Rodrigão tem quadro de forte amigdalite. No meio de campo – em possível desfalque de Thiago Maia –, Alison e Leandro Donizete brigam por vaga.

Quem também sofre com o surto da gripe e não esteve presente no treino deste início de semana é o meia Vecchio. De acordo com a assessoria do clube, o meia argentino alega dor nas costas por conta de uma forte gripe. Recentemente, Lucas Lima e Vladimir também acusaram gripe e foram ausências no Brasileirão. Victor Ferraz também teve o mesmo problema, mas não foi preservado.

Retornando

Em meio a tantos problemas na reapresentação, o Peixe ganhou uma boa novidade. O lateral-esquerdo Zeca, que foi desfalque nos últimos jogos por conta de um problema na panturrilha esquerda, participou sem problemas do treinamento e pode ser opção nesta quarta. Nos últimos jogos, o meia Jean Mota foi improvisado em seu setor.