Suíça é o primeiro adversário do Brasil nas Nações de Beach Soccer

A Seleção Brasileira estreia nesta sexta-feira, dia 20, na competição que será disputada na arena montada na Praia de Boa Viagem

Comentar
Compartilhar
19 DEZ 201318h21

De volta ao nordeste, depois de mais de dois anos longe, a Seleção Brasileira vai reencontrar os fãs nordestinos neste fim-de-semana, na disputa da Copa das Nações, torneio que fecha a temporada 2013 e será realizada na arena montada nas areias da Praia de Boa Viagem.

Será um momento ainda mais especial para os pernambucanos, que vão poder ver o Brasil bem de perto pela primeira vez no estado, numa competição importante, a Copa das Nações, onde vai enfrentar três vice-campeões mundiais: Portugal (vice em 2005), Uruguai (vice em 2006) e Suíça (vice em 2009).

Em janeiro, em Santos, o bicampeonato invicto veio na vitória sobre os suíços por 6 a 4 e, nesta sexta-feira, dia 20, os europeus serão os adversários da estreia, a partir das 15h45min (horário de Recife / 16h45min horário de Brasília), na primeira rodada do campeonato. Antes, às 14h30min (horário de Recife / 15h30min no horário de Brasília), Portugal e Uruguai se enfrentam na abertura no torneio.

A Seleção Brasileira vai reencontrar os fãs nordestinos neste fim-de-semana (Foto: Armando Artoni)

Buru, um dos mais experientes do grupo, quer fechar o ano com chave de ouro e conta com a força da torcida."Vamos buscar esse título. É o nosso objetivo aqui em Recife, fechar bem 2013, terminar a temporada como campeões. Respeitamos muito os adversários, três seleções de tradição, finalistas de Copa do Mundo, que conhecemos bem. Mas estaremos em casa, com a torcida ao nosso lado, e isso nos torna ainda mais fortes. Temos uma equipe renovada, uma base experiente e jovens de talento, que estão mostrando qualidade e ganhando espaço na Seleção Brasileira. É bom voltar ao nordeste, onde sempre fomos muito bem recebidos, em especial aos pernambucanos, já que nunca jogamos aqui. Queremos dar esse presente de Natal a Recife ", afirmou o defensor capixaba, que acumula 279 partidas com a camisa amarela e é sexto maior artilheiro da Seleção Brasileira com 218 gols.

Pelo lado suíço, três jogadores merecem destaque: Stankovic, atacante ‘Bola de Ouro’ (Melhor Jogador do Mundo) e ‘Chuteira de Ouro’ (Artilheiro) da Copa do Mundo 2009, Meier e Angelo Schirinzi, que além de atuar, ainda comanda a equipe do banco de reservas, tendo sido, inclusive, o técnico do anfitrião Taiti na última edição do Mundial, em setembro, em Papeete (os taitianos terminaram em quarto lugar).

Para Meier, suíço filho de mãe brasileira, o jogo será especial. "O coração fica um pouco dividido, porque parte da minha família é brasileira, mas eu defendo a Suíça e queremos a vitória. Sabemos que é um jogo duríssimo, estrear contra o Brasil é ainda mais difícil, vamos ter a arena toda contra a gente, mas estamos muito concentrados. Cheguei dois dias antes da equipe, já conhecia o nordeste e gosto muito daqui, é um povo que recebe bem o turista. Espero que a Suíça faça um bom campeonato, que possamos jogar bem, começar com uma vitória", disse o camisa 10.