Sem visto de trabalho, Hernández vive novela e não encara o Ituano

Primeiro reforço anunciado para esta temporada, o atacante colombiano está em condições para estrear, mas ainda não foi regularizado pela CBF

Comentar
Compartilhar
20 FEV 2017Por Diário do Litoral16h47
Destaque do futebol colombiano no ano passado, Hernández foi o primeiro reforço anunciado para esta temporadaDestaque do futebol colombiano no ano passado, Hernández foi o primeiro reforço anunciado para esta temporadaFoto: Ivan Storti/ Santos FC

Não será nesta terça-feira, contra o Ituano, no estádio Novelli Júnior, que o atacante Vladimir Hernández poderá fazer a sua estreia oficial pelo Santos. O Departamento Jurídico do clube vive novela com a Federação Colombiana e ainda não conseguiu regularizar o atleta na CBF.

O Peixe já depositou a primeira parcela da compra junto ao Junior Barranquilla (COL), que, por sua vez, cumpriu os trâmites necessários para transferência. O problema é que a Federação Colombiana ainda não liberou os documentos para a regularização do visto de trabalho.

Incomodado com a demora, o presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, ameaça ir à FIFA para resolver os problemas. A expectativa do clube é que as pendências sejam resolvidas até este final de semana, quando o Santos encara o Botafogo-SP, pela quinta rodada do Estadual.

Destaque do futebol colombiano no ano passado, Hernández foi o primeiro reforço anunciado para esta temporada. Ele chegou a participar do amistoso contra o Kenitra, no Pacaembu, onde marcou um golaço de bicicleta, mas ainda vive a expectativa para ser opção na equipe.

Nos treinos realizados no CT Rei Pelé, o colombiano, de 27 anos, tem sido aproveitado como meia armador e vem impressionando a Comissão Técnica. Se estivesse regularizado, poderia ser opção, nesta terça-feira, no lugar de Lucas Lima, que se recupera  de dores no joelho.