Sem centroavante, Corinthians deve ter Ralf e Jadson na final do Paulista

Para completar a lista de novidades, Carille também conduziu Romero de volta ao time. Ele herda a vaga do suspenso Clayson, expulso na primeira final

Comentar
Compartilhar
04 ABR 2018Por Folhapress12h17
Carille, que vetou a presença dos jornalistas em momento do treino voltado à parte tática, deve repetir um Corinthians sem centroavante que funcionou bem no primeiro dérbi da temporadaCarille, que vetou a presença dos jornalistas em momento do treino voltado à parte tática, deve repetir um Corinthians sem centroavante que funcionou bem no primeiro dérbi da temporadaFoto: Agência Corinthians

No primeiro treinamento da semana com equipe definida em campo, Fábio Carille mostrou o que poderá ser o Corinthians para a finalíssima do Paulistão contra o Palmeiras no domingo (8). As entradas de Jadson, Ralf e Romero foram as principais novidades no esboço.

Disponível para a decisão, Gabriel voltou a ser substituído por Ralf, o que Carille já tinha feito nas decisões contra o Bragantino, pelas quartas de final. Na ocasião, o treinador justificou a presença do veterano por conta da maior eficiência nas bolas aéreas.

Já o meia Jadson deve voltar ao time para debutar nas finais do Paulista justamente no momento crucial. Ele assume a vaga de outro jogador experiente -Sheik, que vai possivelmente ficar como opção para o segundo tempo.

Para completar a lista de novidades, Carille também conduziu Romero de volta ao time. Ele herda a vaga do suspenso Clayson, expulso na primeira final. A tendência, pela atividade desta quarta, é que o paraguaio atue pela ponta esquerda.

Carille, que vetou a presença dos jornalistas em momento do treino voltado à parte tática, deve repetir um Corinthians sem centroavante que funcionou bem no primeiro dérbi da temporada, em Itaquera, quando sua equipe bateu o Palmeiras por 2 a 0.

Esse é o placar necessário para o Corinthians reverter a desvantagem no placar agregado, no Allianz Parque.

O Corinthians foi escalado em treinamento com a seguinte equipe: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Mateus Vital, Jadson, Rodriguinho e Romero.