Seleção da Suíça escolhe Porto Seguro

Agora, a Prefeitura de Guarujá aposta todas as fichas na seleção Uruguaia, que estuda local para se hospedar

Comentar
Compartilhar
10 DEZ 201310h47

O La Torre Resort, situado na praia do Mutá de Porto Seguro (BA), foi escolhido pela seleção da Suíça para o Mundial de Futebol da Fifa. A informação, publicada no site Brasilturis, ainda é acompanhada de um depoimento do diretor geral do resort, Luigi Rotunno: “é muita emoção saber que fomos escolhidos pela Suiça, não dá nem para descrever”.

A definição dos grupos da Copa do Mundo ocorreu na última sexta-feira. Guarujá estava acertada com a Suíça até os europeus descobrirem que vão atuar longe da região Sudeste na primeira fase.

Os jogos da Alemanha e da Suíça serão em Salvador, Brasília e Manaus. De acordo com o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, serão 1,5 mil hóspedes na região, o que injetará R$ 50 milhões na economia de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália.

Agora, a Prefeitura de Guarujá tem até dia 18, quando as seleções “baterão o martelo” nos locais escolhidos, para trabalhar o Plano B: a seleção do Uruguai. Os sul-americanos — últimos países a conquistarem vagas no Mundial — ainda não definiram onde irão ficar.

Estádio Antônio Fernandes foi aprovado pela FIFA (Foto: Divulgação)

Conforme a coordenadora executiva do Comitê Paulista para a Copa do Mundo, Raquel Verdenacci, a comitiva uruguaia ainda não visitou nenhuma cidade no Sudeste. O Comitê teria oferecido Guarujá como opção, mas ainda aguarda uma resposta. Ontem, em São Paulo, a prefeita Maria Antonieta de Brito estava apostando todas as suas fichas nessa possibilidade.

“A Suíça ficou encantada com a nossa gente. Há seleções que estão pedindo ajuda financeira para escolher uma sede. Esse não é o caso da Suíça. A preocupação deles (Suíça) é que todo o esforço que está sendo feito para receber uma seleção fique como legado para a população e isso vai ficar”.

Em nota oficial, a Prefeitura informou que o Núcleo de Projetos Especiais – Copa do Mundo e Olimpíadas prevê a recepção de nova equipe e ainda há possibilidade, em caso de não ser escolhida por nenhuma delegação, aproveitar os milhares de turistas que virão a São Paulo por causa dos jogos na Cidade-Sede da Copa.

Reforma

Guarujá intensificou os trabalhos de reforma do estádio municipal Antonio Fernandes, escolhido como centro de treinamento pela FIFA, cujas obras estariam 30% concluídas, segundo balanço da Construtora Beira Mar, responsável pelos serviços. A previsão de entrega da praça esportiva é 31 de março do ano que vem.

Do total de recursos destinados à reforma e adequação, R$ 12 milhões são oriundos do Governo do Estado, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade). Deste montante, cerca de R$ 8 milhões serão destinados à reforma do Estádio e o restante à recuperação das ruas do entorno do equipamento, levando acessibilidade e qualidade de vida para quem acompanhar uma partida no novo Antônio Fernandes. Além desta verba, a Prefeitura de Guarujá obteve, a fundo perdido, junto ao Ministério do Esporte, uma verba de cerca de R$ 4 milhões, para a compra de equipamentos para o Estádio.