X
Esportes

São Paulo vai com força máxima para decisão na Copa do Brasil

No último fim de semana, alguns dos principais jogadores da equipe foram poupados devido à maratona de jogos e voltam justamente para a partida contra o PSTC

O duelo força o São Paulo a não se poupar em nada, seja na aplicação ou na escalação / Djalma Vassão/Gazeta Press

Na teoria, o São Paulo não tem muitos motivos para se preocupar com o adversário desta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio do Café, em Londrina. Mas, na prática, o confronto com o PSTC, sigla para Paraná Soccer Technical Center, pode definir um dos rumos do clube na temporada, já que uma derrota significa a eliminação imediata nesta segunda fase da Copa do Brasil. O duelo único e sem vantagem do empate para nenhuma das equipes – assim acontecendo a definição da vaga irá aos pênaltis – força o São Paulo a não se poupar em nada, seja na aplicação ou na escalação.

Por isso, Rogério Ceni tratou de dar toda a seriedade para o desafio de logo mais. No último fim de semana, alguns dos principais jogadores da equipe foram poupados devido à maratona de jogos e voltam justamente para a partida contra o PSTC. O técnico são-paulino fez mistério total da escalação mais uma vez, fechou o último treino, mas a tendência é que Maicon, Rodrigo Caio, Junior Tavares, Cícero, Cueva e Lucas Pratto comecem jogando.

“Tivemos um jogo difícil no final de semana, contra o Novorizontino, e já temos mais uma partida complicada pela frente. A Copa do Brasil está apenas no início, mas são jogos eliminatórios com clima de decisão. Não podemos bobear e, por isso, vamos entrar concentrados em campo. Qualquer detalhe pode definir o vencedor”, comentou Thiago Mendes, que pode fazer seu 29ª jogo seguido como titular do São Paulo.

“Vamos buscar a vitória desde o começo do jogo. Se tiver uma oportunidade, quero ajudar os meus companheiros e brigar pela classificação. Temos que tomar cuidado, porque o vencedor será definido em jogo único”, avisou Gilberto, responsável pelo gol da classificação tricolor na primeira fase da Copa do Brasil, contra o Moto Club, mas, que apesar da grande fase, deve ceder lugar a Pratto nesta quarta.

Com apenas 22 anos de existência, o PSTC foi proibido de atuar no local em que costuma mandar seus jogos, o Estádio Municipal Ubirajara Medeiros, por falta de laudos. Por isso, terá de jogar em Londrina, cidade próxima a Cornélio Procópio, que abriga a sede do clube. Estreante na Copa do Brasil e integrante da Série D do Campeonato Brasileiro apenas desde o ano passado, o clube vive a expectativa de enfrentar o principal desafio de sua curta história, que já tem uma semifinal de Estadual no currículo. Na primeira fase, o PSTC derrotou o Ypiranga-RS por 2 a 1, em casa.

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

Brasil

Bolsonaro participa da formatura de cadetes do Exército na Aman

Os 391 cadetes são do 4º ano da Turma Dona Rosa da Fonseca

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software