Banner gripe

São Paulo espera rival fechado e promete partir para cima da La U

Atacante Luis Fabiano afirmou que o Tricolor "não sabe jogar pelo empate"

Comentar
Compartilhar
20 NOV 201215h46

O São Paulo massacrou a Universidad de Chile, atual campeã, rumo às semifinais da Copa Sul-americana, mas não se esqueceu da dificuldade para eliminar a equatoriana Liga de Loja na fase anterior. Diante da Universidad Católica, os tricolores esperam um confronto mais parecido com o das oitavas de final.

“Vai ser um jogo semelhante com o da Liga. A Universidad Católica tem uma proposta de jogo diferente da La U [Universidad de Chile], que atua mais aberta e muitas vezes deixa a defesa desprotegida”, analisou o técnico Ney Franco.
 
A Católica não faz grande campanha no Campeonato Chileno. E até seus torcedores, em enquete promovida no site oficial do clube, escolheram os contra-ataques como a melhor estratégia para encarar o Tricolor em Santiago.
 
“Eles jogam com duas linhas de quatro jogadores. Coincidentemente, têm um posicionamento parecido com o Náutico, nosso último adversário. Ficam com os jogadores atrás da linha da bola, marcam bem atrás”, disse o treinador do São Paulo, que promete manter uma formação ofensiva: “Nossa equipe não vai abrir mão de partir para cima”.
 
Luis Fabiano acredita que 0x0 não será bom para os chilenos, que deverão atacar (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

Colunas

Contraponto