Santos tenta lidar com pressão para voltar a vencer no Paulista

Após duas derrotas seguidas e críticas da torcida, Peixe terá que lidar com muitos desfalques

Comentar
Compartilhar
21 FEV 2017Por Diário do Litoral11h30
Dorival Júnior não contará com outros seis atletas para o jogo de hojeFoto: Divulgação/Santos FC

Quem assistiu a estreia do Santos neste ano, impondo novo esquema e goleando o Linense, por 6 a 2, não imaginaria que apenas três rodadas (18 dias) depois a equipe enfrentaria uma crise nos bastidores. Após duas derrotas na Vila Belmiro (São Paulo e Ferroviária), o Peixe entra em campo, nesta terça-feira, no estádio Novelli Júnior, precisando vencer o Ituano.

Fora da zona de classificação para as quartas de final do torneio, a equipe estacionou nos seis pontos e ocupa a terceira posição no Grupo B, quatro pontos atrás do líder Mirassol (10) e um da Ponte Preta, segunda colocada. Incomodada com a situação, a torcida já deixou clara a pressão para uma vitória: “Ou joga por amor ou joga no terror” e “A paciência acabou”.

“Temos que ver o que erramos. Perdemos clássico, depois mais um jogo, não temos que ter dúvidas no grupo. Tenho certeza que temos a confiança do torcedor e (do técnico) Dorival (Júnior). Temos que ter união. Vamos reverter situação. Quando começarmos a ganhar, embalar, vamos até o final”, afirmou Thiago Maia, em entrevista coletiva na última segunda, no CT Rei Pelé.

O principal alvo do torcedor é o técnico Dorival Júnior. Responsável por novo esquema, ele tem sido cobrado pela vulnerabilidade da zaga e terá que novamente lidar com desfalques importantes. Lesionados, Lucas Lima, Renato e Vanderlei não estarão presentes. Além do trio, o zagueiro Cleber, expulso na derrota do último sábado, e o centroavante Ricardo Oliveira, poupado, também não jogam. Com dores musculares, Jean Mota e Caju completam a lista de desfalques.

O comandante alvinegro fechou o treino de ontem, mas não deve promover grandes mudanças. O volante Leandro Donizete e o meia Léo Cittadini seguem como substitutos de Renato e Lucas Lima, respectivamente, enquanto o goleiro Vladimir é o dono da meta santista. Na zaga, para o lugar de Cleber, brigam pela vaga os zagueiros Lucas Veríssimo e David Braz. Já no comando do ataque, Rodrigão deve ser a opção.

Nova surpresa?

O Ituano que ser carrasco de mais um grande de São Paulo nese ano. Responsável pela única derrota do Palmeiras, neste Paulista, a equipe do interior de São Paulo quer aproveitar o momento de instabilidade do Alvinegro para voltar a vencer no torneio.

Na última rodada, a equipe foi derrotada pelo Novorizontino, por 1 a 0, mas ainda segue na segunda colocação do Grupo A, com sete pontos, dois a menos que o Corinthians.

Para esta terça-feira, o técnico Tarcísio Pugliese deve fazer apenas uma mudança em relação ao jogo do último final de semana. O atacante Ronaldo deixou o gramado em Novo Horizonte se queixando de dores e pode ser substituído por Nena.

Emprestado pelo Santos ao time de Itu, o atacante Lucas Crispim é opção entre os reservas.

FICHA TÉCNICA:
ITUANO X SANTOS

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 21 de fevereiro de 2017, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Alberto Poletto Masseira

ITUANO: Fábio; Arnaldo, Naylhor, Lima (Mateus) e Peri; Wellignton Simião, Guly, Guilherme e Morato; Claudinho e Ronaldo (Nena).
Técnico: Tarcísio Pugliese

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo (David Braz), Yuri e Zeca; Leandro Donizete, Thiago Maia e Léo Cittadini; Vitor Bueno, Copete e Rodrigão.
Técnico: Dorival Júnior