Santos tenta aliviar pressão em estreia na Copa do Brasil

Após eliminação precoce no Paulistão, o Peixe quer uma boa atuação para espantar desconfiança

Comentar
Compartilhar
26 ABR 2017Por Diário do Litoral11h02
Dorival Júnior confirmou a presença de Matheus Ribeiro na lateral esquerdaFoto: Divulgação/Santos FC

Participante da Copa Libertadores da América 2017, o Santos ganhou o direito de entrar nas oitavas de final da Copa do Brasil. O primeiro desafio é diante do Paysandu, nesta ­quarta-feira (26), na Vila Belmiro, às 19h30. O Alvinegro Praiano vê na competição nacional a chance de se ­reabilitar nesta ­temporada.

Eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista, o que não acontecia há oito anos, e sob desconfiança da torcida, mesmo sendo líder do Grupo 2 da Libertadores, o Peixe quer uma vitória convincente – que não acontece desde goleada, por 6 a 2, sobre o Linense – para afastar a pressão que ronda o ­clube.

“Será grande sempre (pressão), quer seja por conquistas ou não conquistas. É natural e vai acontecer sempre. Temos que estar preparados, todo campeonato tem muita importância. Não tivemos competência de vivenciar a final do Paulista, adversários sempre tiveram merecimento. Nossa atenção se volta para Copa do Brasil. Na semana que vem, Libertadores e Brasileiro. E assim vamos caminhar, como todas as equipes que foram eliminadas em seus estados. A pressão é alta sempre, nunca abaixa, mesmo ganhando. Você se sente pressionado pelo próximo resultado, disse Dorival Júnior, em entrevista coletiva.

Na equipe titular, apenas uma mudança em relação às últimas partidas. O treinador alvinegro não fez mistério e confirmou a presença de Matheus Ribeiro na lateral esquerda, lugar ocupado pelo meia Jean Mota nas últimas partidas. Titular, Zeca ainda se recupera de uma cirurgia no joelho, enquanto o reserva Caju está em fase final de tratamento de uma lesão na coxa direita.

Pedreira na Vila. Invicto há 15 partidas e em disputa de duas finais (Estadual e Copa Verde), o Paysandu mostra confiança para a primeira partida contra o Peixe, pelas oitavas de final. A equipe realizou treino tático ao lado do time alvinegro, ontem, no CT Rei Pelé, e espera por uma boa apresentação em plena Vila ­Belmiro.

“Tento passar que eles (outros jogadores) tem que mostrar qualidade. Sempre vai haver dificuldade em qualquer lugar que a gente vá jogar. Que eles venham se divertir em campo, mas com responsabilidade, jogando o nosso futebol”, disse o lateral do Papão, ­Augusto Recife.