Santos põe à prova retrospecto positivo contra o Sport na Vila Belmiro

O Peixe não perde para o rival no torneio, há mais de 20 anos. O aproveitamento é de cerca de 72%

Comentar
Compartilhar
24 JUN 2017Por Diário do Litoral12h00
Recuperado de uma gripe, o meia Lucas Lima (foto) volta a ser opção neste sábado. Após suspensão, o volante Thiago Maia também será novidade na equipe alvinegraFoto: Divulgação/Santos FC

Embalado após quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos, o Santos volta a campo neste sábado (24), a ­partir das 19h, para duelo contra o Sport, pela 10ª ­rodada do Brasileirão 2017. Se depender do retrospecto, o Peixe, que hoje é o terceiro colocado, tem tudo para seguir na cola dos líderes.

Em jogos válidos pelo campeonato nacional, na Vila Belmiro, o Peixe acumula 10 vitórias sobre o rival, cinco empates e apenas uma derrota. O aproveitamento é de 72%. O último revés para os pernambucanos foi há mais de 20 anos, em 1996. Nos últimos dez encontros, foram sete vitórias e três empates.

Apesar do retrospecto positivo, o atacante Bruno Henrique, um dos principais destaques no triunfo sobre o Vitória, em Salvador, na última quarta-feira, encara o jogo de sábado como uma “guerra”. Ele destacou o empate do Sport com o Atlético-MG, em Belo Horizonte, e pediu atenção à equipe.

“É mais uma guerra. Sport vem de bom ­resultado contra o Atlético, que é qualificado. Tenho certeza que vão jogar da mesma forma, com empate ou mesmo uma vitória, e temos que ficar precavidos para não ­sermos surpreendidos. Temos que fazer os gols quando as chances aparecerem”, afirmou o jogador.

O técnico Levir Culpi, que tenta manter invencibilidade à frente do Peixe – até o momento, foram duas vitórias e um empate – , poderá contar com duas novidades na equipe titular. O meia Lucas Lima, recuperado de uma gripe, e o volante Thiago Maia, que retorna de suspensão, serão opções no Alvinegro.

Em contrapartida, o comandante terá que lidar com desfalque na zaga. Suspenso, David Braz não joga. Como Cleber Reis ainda se recupera de lesão, a tendência é que Fabián Noguera estreie como titular no ano. Ricardo Oliveira e Zeca, ainda com problemas, seguem foram da equipe alvinegra.

Baixo público. Apesar do bom momento vivido no Brasileirão, a Vila Belmiro não deve receber grande público para o duelo deste sábado. Até o fim da tarde da última sexta-feira, apenas 3.350 ingressos tinham sido vendidos. As vendas seguem até o fim do primeiro tempo.

FICHA TÉCNICA

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Noguera, Jean Mota, Renato, Thiago Maia, Lucas Lima, Bruno Henrique, Copete e Kayke. Técnico: Levir Culpi.

Sport: Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval, Sander, Fabrício, Patrick, Everton Felipe, Diego Souza, Osvaldo e André. Técnico:  Vanderlei Luxemburgo.