Santos perde nos pênaltis para a Ponte Preta e está eliminado do Paulistão

Autor do gol da vitória no tempo normal, o zagueiro David Braz foi o único a desperdiçar cobrança e decretou desclassificação do Peixe. Na próxima fase, a Macaca pega o Palmeiras

Comentar
Compartilhar
10 ABR 2017Por Diário do Litoral22h29
O Santos de Dorival Jr só retorna a campo apenas no próximo dia 19, para o confronto diante do Santa FéO Santos de Dorival Jr só retorna a campo apenas no próximo dia 19, para o confronto diante do Santa FéFoto: Marcello Zambrana/Agif

O Santos não poderá chegar em sua nona final seguida de Campeonato Paulista. Na noite desta segunda-feira, em Pacaembu lotado, o Peixe venceu a Ponte Preta, por 1 a 0, no tempo normal, mas perdeu nas cobranças de pênalti e se despediu do torneio estadual na fase de quartas de final.

No tempo regular, o zagueiro David Braz, que tinha vacilado na derrota, por 1 a 0, em Campinas, se redimiu e marcou golaço de voleio, ainda no primeiro tempo. Ironicamente, nas penalidades máximas o camisa 14 foi o único a desperdiçar cobrança e decretou a desclassificação do Alvinegro Praiano.

Na próxima fase, a Ponte Preta enfrenta o Palmeiras, dono de melhor campanha na competição. O primeiro jogo será realizado no estádio Moisés Lucarelli, e a definição de horário e data da partida acontecerá em congresso da Federação Paulista de Futebol, nesta terça-feira, em São Paulo.

O Peixe, por sua vez, só retorna a campo apenas no próximo dia 19 (quarta-feira) para o confronto diante do Santa Fé, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O jogo será realizado no estádio El Campín, em Bogotá (COL), às 21h45 (de Brasília).

O jogo

Precisando vencer por dois gols de diferença para reverter a vantagem da Ponte Preta, o Peixe dominou desde o início da partida e chegou ao gol logo nos primeiros 15 minutos. O meia Lucas Lima cruzou bola na área e, após dois desvios, o zagueiro David Braz acertou um lindo voleio para o fundo das redes.

A equipe santista continuou sufocando na primeira etapa, criando boas oportunidades com o meia Lucas Lima e o atacante Bruno Henrique, mas parou na boa atuação do goleiro Aranha, ex-Santos.

Na etapa complementar, o Santos esteve ainda mais próximo do segundo gol, em duas boas chances criadas pelo lateral Zeca. Na primeira, Aranha voltou a salvar a Macaca em linda defesa. Na segunda, o camisa 37 parou na trave.

A Ponte, que apenas se defendeu durante todo o confronto, conseguiu se segurar e levar a decisão para os pênaltis. O goleiro Aranha pegou a segunda cobrança do Peixe e, após quatro cobranças perfeitas, o centroavante Willian Pottker tirou do goleiro Vanderlei e confirmou a classificação.